Um blog sobre planejamento,
gestão e otimização de cursos
e treinamentos online.

Fique por dentro de atualizações e novidades e potencialize seus resultados.

Acompanhe e faça parte!

Seu e-mail está seguro. Vamos enviar apenas dicas relevantes para o seu EAD.

Gestão de pessoas: dicas práticas para melhorar resultados

Neste artigo vamos entender as mudanças ocorridas no cenário de gestão de pessoas, como o setor funciona no ambiente corporativo, seus pilares e a sua importância. Além disso, também trazemos dicas para você implementar na sua empresa.

gestão-de-pessoas

Vivemos hoje uma era em que a valorização do ser humano se torna cada vez mais importante para o desenvolvimento de uma empresa. Uma empresa sem as pessoas e suas relações interpessoais não pode existir. Entretanto, nem sempre foi assim na gestão de pessoas.

Sendo assim, mostraremos ao longo deste artigo como a gestão de pessoas evoluiu ao longo dos anos e se tornou um mecanismo essencial para o crescimento progressivo de qualquer empresa. Hoje, valorizar o capital humano se tornou o diferencial para a escolha de muitas pessoas na hora de candidatar a uma vaga de trabalho.

Você irá encontrar os seguintes tópicos:

Boa leitura!

O surgimento da Gestão de Pessoas nas empresas

Uma empresa é feita por pessoas e para pessoas. Afinal, elas são responsáveis pelo diferencial na hora de desenvolver o capital humano da sua empresa.

O primeiro registro de algo similar ao que hoje chamamos de departamento de Gestão de Pessoas foi o surgimento do Departamento de Recursos Humanos no século XIX.

Naquela época, seu único intuito era o de contabilizar faltas e atrasos dos trabalhadores. As pessoas eram como máquinas: se uma desse problema, era substituída por outra.

Não existia investimento no profissional, leis trabalhistas, nem mesmo incentivo ao trabalhador. O objetivo era unicamente contábil, ou seja, uma empresa contratava com um custo específico e, se aquele funcionário causasse algum tipo de prejuízo, era demitido e substituído sem justa causa.

Ao longo dos anos isso mudou, para a felicidade dos trabalhadores. Os empregados começaram a ser valorizados e deixaram de ser vistos apenas como mão de obra, facilmente substituível e viraram personagens importantes na construção e no sucesso de uma empresa.

O que é gestão de pessoas?

A área de gestão de pessoas passou por um desenvolvimento intenso ao longo dos anos. O que antes era normal, como a não valorização do trabalhador, hoje é visto como algo absurdo.

Nos dias atuais, um funcionário bem capacitado e com qualificação pode fazer a diferença na sua empresa. Sabendo disso, podemos afirmar que hoje a área de gestão de pessoas está relacionada às estratégias usadas para desenvolver esse capital humano dentro de uma empresa.

Não estamos mais pensando apenas na captação de profissionais qualificados, mas sim na importância de desenvolver técnicas motivacionais, treinamentos profissional com o objetivo de melhorar o desempenho de todo o conjunto empresarial.

Além de contratar bons funcionários, o importante é treiná-los dentro do ambiente de trabalho, segundo as políticas e metodologias de cada empresa e assim torná-los mais qualificados. Dar ao empregado o poder e a valorização correta, afinal, ele é uma peça fundamental para o crescimento de todos os setores.

Qual a importância da gestão de pessoas em uma empresa?

Como já ressaltamos, uma empresa é feita de pessoas. Mesmo com os equipamentos mais tecnológicos – computadores e softwares – o capital humano ainda é o centro de tudo. Afinal, as máquinas ainda não podem pensar criativamente por nós.

Pensando assim, quando falamos em investir em capital humano, estamos falando em investir em mão de obra qualificada e motivada. Além disso, com a evolução da educação e da entrada dos jovens no mercado de trabalho, um emprego vai muito além de um salário com benefícios.

A cada nova geração que se forma nas universidades, novos ideais, regras, valores e políticas surgem. E as empresas precisam conversar com essas novas gerações para se adequar ao mercado.

Ao contratar um funcionário, o salário pode ser o primeiro diferencial. Afinal vivemos em uma sociedade que preza pela segurança financeira.

Mas os ideais de uma empresa, sentir-se bem no ambiente de trabalho, ser valorizado e aprender mais são alguns dos fatores que hoje fazem muitos jovens escolherem onde querem trabalhar.

O foco no lucro continua, mas agora o funcionário está diretamente ligado a esse objetivo. Ele não é só mais uma peça da engrenagem.

Também é importante entender que gerir pessoas não é um setor limitado como outros no mundo corporativo. Já que, nas relações humanas, temos pelo menos duas pessoas com pensamentos e motivações diferentes e, gerir essas diferenças, é o que torna o processo tão rico e essencial.

Gestão de pessoas é mais que apenas uma área profissional e deve ser exercitada, principalmente, pelos gestores em todas as áreas de uma empresa. O foco deste ofício está nas relações interpessoais e em construir, a partir delas,  um local de trabalho pacífico e saudável. Dessa maneira será possível manter um ambiente agradável e bem administrado.

Para melhorar as relações interpessoais e o ambiente de trabalho, vamos entender outras tarefas da gestão de pessoas:

Desenvolvimento profissional: A partir do momento que você contrata um bom profissional pense que ele pode se tornar ainda melhor, e assim, continuar a fazer a diferença na sua empresa. Como um diamante que deve ser lapidado a cada novo projeto e diretriz.

Por isso, invista em sua equipe e faça deles peças essenciais no crescimento do seu setor e da empresa como um todo. Nesse momento, o desenvolvimento profissional passa também pelo investimento da empresa no funcionário. Diante disso, vale pensar em uma capacitação através de palestras e cursos corporativos onlines.

Cultura organizacional: Toda empresa precisa ter um sistema de valores compartilhados que a diferencia das demais. Quanto mais o funcionário entender a cultura da empresa, maior a chance de sobrevivência naquele mercado específico.

Estimular a comunicação: Uma das regras mais claras dentro de uma empresa é a comunicação clara e direta. Dessa maneira, nenhuma informação fica truncada e nenhuma mensagem passa despercebida ou com um sentido errado.

Exercícios de motivação: Um profissional motivado é capaz de ultrapassar seus limites e atingir metas importantes para uma empresa. Por isso, a gestão de pessoas precisa estar sempre atenta a técnicas de motivação para os funcionários.

Trabalho em equipe: Essencial para que qualquer tarefa seja realizada com determinação e dedicação. Trabalhar em equipe também está relacionado diretamente com unir pessoas diferentes para desenvolver ações com um mesmo objetivo. O trabalho em equipe mostra que unidos, os funcionários podem mais e isso incentiva a todos.

Planejamento e participação: Para saber como tomar uma decisão, qual caminho seguir e até mesmo uma boa administração dependem de planejamento e participação de todos.

Flexibilidade e liderança: Hoje, a rotina tradicional está cada vez mais ultrapassada. As mudanças são visíveis e importantes. Entra no cenário a flexibilidade, o “jogo de cintura”. Líderes flexíveis podem fazer a diferença e tornar o ambiente da sua equipe muito mais agradável. Desde horários e dias, até mesmo estar aberto a novas ideias.

Os pilares da Gestão de Pessoas

Até aqui já entendemos com a gestão de pessoas está intimamente relacionada com bem-estar, ambiente saudável e de que maneira os gestores precisam atuar para lidar com sua equipe. Dessa forma, a seguir, vamos destrinchar os principais pilares para uma boa gestão pessoal:

Motivação

A motivação está ligada a todos os aspectos do dia-a-dia do ser humano. É com ela que fazemos movimentações importantes para a nossa vida cotidiana.

Fazer qualquer mudança exige motivação. Seja acordar cedo para ir à academia ou até mesmo mudar de carreira profissional.

Sabendo disso, podemos dizer que funcionários desmotivados podem fazer mal para o desenvolvimento da sua empresa.

Um trabalhador sem voz, que não vê perspectiva de crescimento, que não se sente valorizado irá produzir menos. Então, é importante identificar essa questão, valorizar esse funcionário e entendê-lo para poder melhorar o desempenho.

Encorajar e motivar são ações essenciais para um funcionário trabalhar com vontade.

Veja abaixo algumas dicas para uma boa motivação na sua empresa:

Saiba escolher seus funcionários: Começa no momento da escolha, pois é importante saber quais candidatos se identificam com os valores e políticas da empresa. Um funcionário que entende o funcionamento e divide dos mesmos ideais, será muito mais tranquilo de motivar e manter no seu quadro de funcionários.

Estabeleça metas: Saber o objetivo final – seja ele pessoal ou para a empresa. Dê motivos para fazer com que seus funcionários corram atrás, incentivando também que eles saiam da zona de conforto.

Forneça feedbacks periódicos: Cada pessoa funciona de uma maneira e feedbacks periódicos são importantes para melhorar atitudes, motivar funcionários e levá-los à excelência da sua equipe e da empresa. Converse individualmente com seu funcionário, diga o que é preciso para melhorar, mas também elogie as atitudes e comportamentos positivos.

Reconheça seus funcionários: Parabenizar conquistas individuais e em equipe são essenciais na gestão pessoal. Reconhecimentos agradam e motivam. Aumento de salário, mudança de cargo ou prêmios são excelentes ferramentas para reconhecer um bom trabalho.

Comunicação

Uma boa comunicação é importante na gestão de pessoas. O bom entendimento entre gestores, funcionários e entre equipes ocorre com base em uma comunicação que tem por objetivo unir todos os setores de uma mesma empresa. Com isso, ela acaba se tornando bastante significativa para que todos estejam sempre na mesma página.

Além disso, um gestor acessível torna-se essencial para resoluções pacíficas de conflito, diferente de uma liderança autoritária que inibe seus funcionários. Isso faz com que o medo por alguma represália atrapalhe no relato de problemas, dúvidas sobre tarefas e até mesmo denúncias mais sérias como qualquer tipo de assédio.

Veja abaixo algumas dicas para uma boa comunicação na sua empresa:

Seja adepto de respostas ágeis: Evite demorar muito para dar atenção a um e-mail, que dependa da sua resposta, para um colega poder seguir com o trabalho.

Evite mensagens truncadas: Veja se existe a possibilidade de uma comunicação direta. Como, por exemplo, se você trabalha na área de Marketing Digital e precisa de uma imagem para postar nas redes sociais da sua empresa. Tente a comunicação direta com quem produz a arte, ao invés de precisar de uma terceira pessoa para fazer essa comunicação.

Comunicação imediata: Quando seus funcionários estão na mesma equipe, incentive-os a conversar diretamente. Evite uma troca excessiva de e-mails ou ligações. Vá até a pessoa, converse, troque uma ideia. Depois, caso haja necessidade registrar, envie um e-mail com tudo que foi dito. Agilize assim, seu trabalho e o do seu colega.

Trabalho em equipe

A coletividade e o trabalho em equipe são fundamentais para manter a empresa funcionando corretamente e para a construção de um bom trabalho.

Imaginemos que a sua empresa seja como um o corpo humano, no qual todos os funcionários, independente de hierarquia, precisam trabalhar juntos para manter a empresa em um funcionamento perfeito.

Para um trabalho em conjunto, é importante existir um bom relacionamento entre os funcionários, com um ambiente saudável e harmonioso ao redor.

Veja abaixo algumas dicas para um bom trabalho em equipe:

Respeite o colega: Você trabalha com pessoas e cada um tem uma personalidade diferente da sua e de outros da equipe. Saiba os limites, respeite suas ideologias, mesmo que você não concorde com elas. O mundo é feito de diferenças e se todos aprendessem a respeitar o próximo, viveríamos em uma sociedade muito mais justa e diversificada.

Entenda seu perfil comportamental: Cada pessoa trabalha de uma forma e tem mais facilidade em alguma área. Saiba se você é comunicador, executor, planejador ou analista.

Programe reuniões de acompanhamento: Em um trabalho dividido em equipe, é sempre importante se atualizar sobre como está a parte do outro. Faça reuniões periódicas para acompanhar como está cada um e seus projetos.

Divirta-se: Sabemos que nem sempre falar só de trabalho é o mais importante. De vez em quando momentos de descontração são interessantes, principalmente na hora de conhecer mais seus colegas. Na empresa, invista em festas de aniversariantes do mês e confraternizações de fim de ano. E também incentive atividades fora do ambiente de trabalho como almoços e happy hours.

Gestão de competências

Sabemos que cada empresa se baseia em uma cultura ou ideal para trilhar seu objetivo de sucesso. A gestão por competências é um dos pilares essenciais na gestão de pessoas.

Temos que perceber profissionais que se identifiquem com tarefas específicas e tenham as características necessárias para desenvolver bem esse trabalho.

Saber montar uma equipe é importante e deve ser visto com paciência e foco desde o processo seletivo. É essencial escolher profissionais que se identifiquem com o ideal e cultura da sua empresa. Além disso, deixar claro como funciona horário de trabalho, salários, benefícios, horas extras, quando necessário e quantidade de trabalho.

Além desses funcionários serem capacitados, também é importante tenham conhecimento e estejam dispostos a aprender mais para realizar seu trabalho com excelência.

Capacitação do funcionário

Profissionais que não se desenvolvem são pesos para qualquer empresa. Invista em treinamento, capacitação e desenvolvimento para valorização de cada funcionário da sua equipe.

Mas como estimular essa busca por conhecimento e expertise dos seus funcionários? Através de cursos e palestras corporativas. Mostre outras idéias, cases de sucesso e até mesmo novos modelos de negócio dentro de cada área. Desse modo você estimula o seu funcionário a buscar mais conhecimento.

A alternativa do treinamento online

Se a equipe não possui tempo para se locomover até uma sede da universidade ou curso, que tal pensar em treinamento online através de cursos? Assim você pode reservar uma sala de reunião sempre no mesmo dia e horário. Deste modo é possível incentivar os seus funcionários a confraternizarem e estudarem mais sobre o mercado.

Plataformas online com cursos são ferramentas essenciais para desenvolver sua equipe, desde estagiários e trainees até a diretoria. Cursos de línguas, liderança e processos podem ser diferenciais oferecidos aos seus funcionários.

Lembre-se: a qualidade de vida do funcionário precisa ser uma peça importante. Fazer com que ele se sinta realizado tanto profissional, quanto pessoalmente, fará diferença para a evolução da sua empresa e da sua equipe. Uma equipe capacitada, desenvolvida e motivada fará muito mais pelo seu trabalho.

Se você busca mais dicas sobre gestão de pessoas, treinamentos, cursos e dicas profissionais, que tal assinar a nossa Newsletter?

Coloque o seu email aqui para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Até a próxima!

Como potencializar o trabalho em equipe na sua empresa?
Os 7 pecados capitais nas empresas e como evitá-los

Deixe uma resposta

Seu e-mail está seguro. Vamos enviar apenas dicas relevantes para o seu EAD.