Loucos por TecnologiaUm blog sobre tecnologia, inovação e marketing para ensino online.

Desenvolvido para impactar
e otimizar resultados.

Acompanhe e faça parte!

Seu e-mail está seguro. Vamos enviar apenas dicas relevantes para o seu EAD.

Google Trends: o que é e como usar

Uma boa colocação em sites de busca é essencial, ainda mais para negócios digitais. Afinal, ao te encontrar primeiro, as chances do lead fechar a compra aumentam. Para ajudar nesse desafio, a Google Trends é uma excelente companheira.    Ao lado de outras ferramentas, é extremamente útil para identificar quais são os termos mais relevantes. […]

Uma boa colocação em sites de busca é essencial, ainda mais para negócios digitais. Afinal, ao te encontrar primeiro, as chances do lead fechar a compra aumentam. Para ajudar nesse desafio, a Google Trends é uma excelente companheira. 

 

Ao lado de outras ferramentas, é extremamente útil para identificar quais são os termos mais relevantes. Através de poucos cliques, é possível descobrir quais são os assuntos mais pesquisados e garantir resultados mais interessantes para a sua estratégia de Inbound Marketing. 

 

Quer saber mais sobre como a Google Trends pode te ajudar a fortalecer sua marca na web? Então, siga a leitura. 

 

Google Trends: o que é

Gratuita, a Google Trends é uma ferramenta que permite descobrir e acompanhar a popularidade de palavras na web. É possível refinar a busca entre regiões, tempo e categorias, sendo muito útil para estratégias de conteúdo online.  

Além do mais, a plataforma permite identificar tendências e termos relacionados ao assunto que você pesquisa. Com isso, novos insights podem surgir com mais facilidade. 

 

Como usar a Google Trends

A Google Trends não exige que você faça cadastro. Para utilizá-la, basta acessar https://trends.google.com/trends/.

No campo “insira um termo de pesquisa ou um assunto”, digite os termos que deseja investigar e explore todas as funcionalidades do sistema. Você pode selecionar investigar por:

  • Região – Dá para escolher um determinado estado de todos os países do mundo;
  • Período – Escolha um intervalos de tempo para realizar a análise;
  • Categoria – Animais de estimação, política, viagens e muito mais! Opte pela opção que mais se relaciona com o que deseja ou clique em “todas as categorias”.
  • Formato de pesquisa – A ferramenta permite que você investigue informações dentro de notícias, imagens, Shopping (plataformas de compras e vendas da Google) e Youtube (plataforma de vídeos, que também pertencem à empresa). 

 

A seguir, conheça as principais ações que você pode realizar dentro da plataforma.  

 

Acompanhe tendências sazonais

 De tempos em tempos, vemos palavras se destacarem nas buscas. Datas comemorativas, como Natal e Dia das Crianças são exemplos. 

A Google Trends permite que você identifique o aumento no volume das pesquisas com antecedência e, assim, se organize para entrar na onda e aumentar as chances de posicionar bem o seu site. 

 

falar com um consultor

Avalie a demanda por regiões

É possível identificar tendências por região para, por exemplo, configurar uma campanha de tráfego pago. Afinal, você saberá onde o público tem mais interesse em certo assunto e pode investir nessa área.

 

Encontre palavras de long tail (cauda longa)

Normalmente, usamos ferramentas como Semrush e Ubersuggest para encontrar palavras-chave. No entanto, a Google Trends também sugere termos relacionados, úteis para identificar palavras de cauda longa.

Desta forma, poderá diferenciar-se dos concorrentes, pois dispõe de mais uma ferramenta fiável, excelente para aconselhar sobre como trazer visitas orgânicas para o seu site.

 

Compare pesquisas em diferentes canais

O uso da Google Trends pode ir além dos blogs. Com a plataforma, é possível descobrir o que está em alta  na web e aplicar no YouTube ou nas redes sociais. Explore a ferramenta e aprenda como comparar cada variável, pois isso fará a diferença nos resultados que você obtém.

 

Dica: volume de buscas não é tudo! 

Ao fazer estratégias de marketing digital, muitos olhos somente para o volume de buscas das palavras. Por mais que o critério seja, de fato, relevante, nem sempre é o ideal. 

Os resultados da pesquisa podem aumentar em ocasiões específicas, e nem sempre as pessoas mantêm  o interesse no tópico. 

“BBB”, para ilustrar, é um termo cujo volume de buscas bate a casa dos 3,4 milhões. Contudo, nem sempre é o mais adequado. O pico da pesquisa acontece apenas enquanto o programa passa na TV. Nos meses seguintes, as buscas são quase nulas. 

Por essa razão, é importante analisar mais de um parâmetro para considerar as palavras-chave relevantes ou não. 

 

Agora que você conhece mais sobre a Google Trends, o que acha de saber mais sobre SEO e Marketing de Conteúdo

 

Veja o vídeo:

 

 

 

Como fazer um bom brainstorming
O que é persona negativa e por que fazer uma

Deixe uma resposta

Seu e-mail está seguro. Vamos enviar apenas dicas relevantes para o seu EAD.