Um blog sobre planejamento,
gestão e otimização de cursos
e treinamentos online.

Fique por dentro de atualizações e novidades e potencialize seus resultados.

Acompanhe e faça parte!

Seu e-mail está seguro. Vamos enviar apenas dicas relevantes para o seu EAD.

Como estimular relações interpessoais no trabalho?

Em um ambiente formado por diversas pessoas, as diferenças são inúmeras. Indivíduos são únicos. Cada um com sua peculiaridade. Por isso, saber se relacionar com outras pessoas é essencial para um ambiente saudável e harmonioso. No artigo de hoje, vamos falar sobre os fatores que podem ajudar uma boa relação interpessoal na sua empresa.

relações-interpessoais

Seres humanos são diferentes, possuem educações distintas, cresceram em ambientes que, mesmo que soem parecidos, serão sempre diferentes. Sabendo disso, é importante entender que as diferenças de opiniões estão presentes em todos os lugares, entretanto, elas tendem a crescer no ambiente de trabalho.

Em um escritório, empresa, fábrica, ou qualquer que seja seu ambiente de trabalho, convivemos com as mesmas pessoas diariamente, praticamente o dia inteiro. Podem ser pessoas que você convive mais do que com a sua própria família, então, mesmo que haja divergências, o respeito precisa estar sempre presente.

Por isso desenvolver a relação interpessoal de forma saudável é muito importante no ambiente de trabalho.

No texto abaixo, vamos elaborar os seguintes tópicos:

Gostou dos tópicos? Quer aprender mais sobre como estimular relações interpessoais no trabalho? Confira abaixo.

Boa leitura!

O que é o relacionamento interpessoal?

Antes de tudo, vamos definir o que é o relacionamento interpessoal. Bem, nada mais é do que a interação entre duas ou mais pessoas. Entretanto, além disso, ele está presente no dia a dia de todos os seres humanos.

Desde a família dentro de casa, passando pelos conhecidos na rua, os amigos íntimos e, no nosso caso, nossa equipe de trabalho. É simples, o relacionamento interpessoal, nada mais é do que a forma como nos relacionamos com as pessoas que nos rodeiam.

É importante entender que existem diversos níveis de relação. Saber identificar cada uma elas, nos ajuda a saber de que forma vamos lidar com elas. Assim, manter um bom relacionamento interpessoal, independente do ambiente, não será nenhum desafio.

A importância dos relacionamentos interpessoais

Como dissemos anteriormente, interagir com outras pessoas está no nosso dia-a-dia. Seja em casa, no prédio ou condomínio em que vivemos, com os amigos e, principalmente no ambiente de trabalho.

Temos a sensação que esse é um processo quase que natural, mas não. Muito pelo contrário. Manter um ambiente onde a convivência não vá ser um problema que afete o cotidiano de trabalho é algo que exige um cuidado diário.

Fazer com que seus funcionários se sintam valorizados em suas posições, e confortáveis para sugerir estratégias, dar novas ideias, mesmo que não sejam de consciência da maioria, é válido para um ambiente onde ele possa se sentir seguro e valorizado.

Além disso, saber se relacionar é saber falar, mas também, saber ouvir. Como explicamos anteriormente, cada ser é diferente do outro.

Pessoas são complexas, com seus sentimentos, emoções e questões que a influenciam de alguma forma. E, cada uma com sua peculiaridade, precisa aprender a viver em sociedade, se relacionando com os outros.

Os gestores têm papel fundamental nas relações interpessoais. Eles precisam criar e manter um ambiente onde haja respeito e cordialidade, onde esses valores sejam incentivados a todo o momento, sempre com base na missão e nos valores que a empresa adota.

Aliás, os dois conceitos são fundamentais para garantia de boas relações interpessoais no trabalho.

As falhas na relação interpessoal

De acordo com Deisy Razzolini, consultora de carreira da Produtive, são quatro os erros comuns que precisam ser evitados na hora de fortalecer as relações interpessoais no trabalho:

  •  Falta de clareza na comunicação;
  • Ausência da cordialidade e do respeito na hora de resolver problemas entre os membros da equipe, com críticas pesadas e sem direcionamento para solução junto ao colaborador;
  • Criação de um ambiente tenso por conta da desigualdade de ações que são concedidas aos trabalhadores;
  • Foco apenas nas competências técnicas, sem considerar as habilidades comportamentais e a capacidade de relacionamento interpessoal.

De acordo com Deisy, “pessoas felizes geram resultados melhores e inovadores, agregando valor para empresa”.

Ao compreendermos que uma empresa é formada por pessoas, e que, a partir de bons relacionamentos interpessoais no trabalho, é possível desenvolver resultados positivos de negócio, tudo fica mais simples e direto.  Logo, não é difícil concluir que incentivar um ambiente cordial é muito importante e essencial para o sucesso de uma corporação.

Como estimular as relações interpessoais

Relações saudáveis são aquelas que apresentam equilíbrio. Independente de desavenças, quando há uma relação forte entre equipes e gestores, uma discussão mais acalorada pode ser resolvida de maneira objetiva e madura, sem prejudicar o trabalho, ou mesmo a relação entre indivíduos.

A dica mais importante para um bom relacionamento interpessoal no trabalho é saber separar relações pessoais das profissionais. Mas de que maneira podemos atingir esse nível equilíbrio?

Abaixo vamos pontuar os principais fatores na hora de manter uma boa relação no ambiente corporativo.

Alinhamento

É de extrema importância que todos os funcionários estejam cientes dos objetivos da empresa. Trabalhando sempre com um mesmo norte, alinhando comportamentos e ações.

Os colaboradores precisam ter em mente que os objetivos da empresa sempre vão vir acima dos interesses pessoais.

Valores Humanos

Valores básicos como transparência, respeito e responsabilidade, devem ser disseminados pela empresa para todos os funcionários, e exigir esses mesmos valores em qualquer situação.

De nada adianta um funcionário muito bem qualificado tecnicamente, mas sem respeito nenhum pelos valores humanos básicos. Ele pode se tornar uma ameaça para a empresa.

Políticas de relacionamento

Enquanto valores humanos são conceitos absolutos, as políticas variam de acordo com cada empresa.

Algumas políticas envolvem, por exemplo, a proibição de relacionamentos amorosos entre funcionários. Outras podem estar relacionadas a dress code. Cada empresa trabalha com uma, seja ela mais ou menos rigorosa.

É preciso ter bom senso e sensibilidade para entender e aceitar as normas.

O RH e as relações interpessoais

O Departamento de Recursos Humanos é fundamental na hora de promover e preservar relacionamentos interpessoais saudáveis dentro da empresa.

É o setor, estrategicamente posicionado, para atingir todos os colaboradores com suas ações, além de possuir o know-how e os recursos necessários para elaborar diferentes projetos dentro desse tema.

Para ajudar, abaixo vamos citar algumas ações que podem ser adotadas pelo departamento de RH para aprimorar essas relações.

Divulgação de valores humanos

Eles precisam estar presentes no cotidiano dos colaboradores, para que sejam internalizados, e tornem-se parte de sua filosofia própria de trabalho. Então, uma divulgação forte, mas de maneira simples, pode facilitar na hora de assimilar os ideais da empresa.

Seja com endomarketing em pôsteres ou ações, o importante aqui é reforçar para todos, os valores que a empresa prega como essenciais.

Além de explicar o porquê de eles precisam ser reconhecidos, respeitados e praticados.

Avaliação de desempenho (Feedback)

Realizar avaliações de desempenho, os famosos feedbacks periódicos, além de gratificante e motivador para seus funcionários, é uma boa ferramenta para extrair informações sobre o perfil de cada colaborador no seu relacionamento com colegas, chefes e subordinados. E, com essas informações, o setor de RH ou os gestores, podem não só identificar quem precisa de maior motivação, mas também aqueles que têm dificuldades de relacionamento.

É importante ressaltar que existem indivíduos que não percebem que suas atitudes causam uma ruptura, então um olhar neutro e sincero fará toda a diferença para que esse funcionário queira, ou não, melhorar.

Treinamentos

Treinamentos são ótimas ferramentas para criar laços e momentos de relações interpessoais. Afinal, nada melhor que marcar uma palestra motivacional, um treinamento corporativo com diferentes áreas e colaboradores.

Geralmente o instrutor irá abordar temas como inteligência emocional, relacionamento interpessoal, conflitos, feedbacks, assim como, alerta para comentários desagradáveis e desonestos (fofoca) e as interações do dia.

Entretanto, alguns desses treinamentos podem ser muito engessados, podando relações mais espontâneas. O papel do gestor de RH aqui é moldar esse treinamento, fazendo com que ele seja mais o perfil de cada empresa e equipes, sem distanciar ainda mais os colaboradores.

Procure portais de EAD que tenham palestrantes jovens, que falem a linguagem da sua empresa. Pesquise bem antes de contratar o treinamento, para que o perfil do profissional acrescente às relações dos seus funcionários.

Happy Hour

Se a sua empresa tem um pensamento mais informal, ou quer passar a investir em mais momentos de lazer, pense em happy hours. São momentos de descontração que oferecem uma oportunidade para que os funcionários fortaleçam seus laços, em um ambiente neutro.

É uma situação em que eles deixam de lado o estresse, e podem relaxar, permitido um dia seguinte mais leve e sem atritos.

Entretanto, é preciso tomar cuidado. De nada adianta criar um ambiente superdivertido e descontraído em um ambiente com muito álcool onde os funcionários fiquem bêbados e ultrapassem limites. Todos os colaboradores precisam entender e ter consciência que o happy hour, embora mais informal, ainda é uma atividade ligada ao seu “eu profissional”.

Como os funcionários podem melhorar as relações interpessoais?

Não é só papel da empresa saber lidar e desenvolver com as relações interpessoais. Os funcionários também precisam estar dispostos a terem uma boa relação com todos os colegas, sem precisar se apoiar apenas nas políticas da corporação.

Abaixo, vamos destrinchar algumas dicas que podem ser essenciais para cada indivíduo melhorar a sua forma de lidar com as pessoas, e o ambiente em que está inserida.

Busque o autoconhecimento

Desenvolva um bom relacionamento com as pessoas. Mas, acima de tudo, conheça a si mesmo. Além de ser importante para a sua inteligência emocional, é um passo fundamental para melhorar as suas relações. Quando sabemos lidar com as nossas limitações, conseguimos mudar a nós mesmos e aos outros.

Seja comunicativo

Seja simpático, saiba conversar, desenvolva conversas claras e objetivas. Além disso, saiba conversar sobre diversas ideias e assuntos. Mantenha sempre uma boa comunicação com todos.

Demonstre interesse pelas pessoas

Seja receptivo, aberto e educado. Assim, as pessoas não se sentirão desconfortáveis quando procurarem por você. Escute-os com atenção, seja sincero e demonstre interesse verdadeiro pelo outro.

Seja simpático

Demonstre simpatia ao receber as pessoas, sorria e se mostre disponível. A possibilidade de essa postura ser retribuída é maior quando você recebe as pessoas de forma educada.

Tenha boa vontade

Quando for solicitado para ajudar alguém ou realizar algum favor, faça com vontade, seja afável e se mostre disponível. Não faça como se estivesse sendo obrigado.

Seja educado

Cumprimente as pessoas, chame-as pelo nome e seja educado na hora de conversar. Dizer um bom dia, boa noite, desejar um bom fim de semana ou perguntar como a pessoa está se sentindo, não vai lhe custar nada, e pode fazer diferença na vida de alguém.

Seja prestativo

Seja uma pessoa prestativa. Trate todos com gentileza em suas relações e receba tudo isso em troca.

Reconheça seus erros

O homem é, acima de tudo, humano, logo está passível de erro. E nessas horas, reconhecê-los será sempre o caminho mais nobre. A humildade gera a confiança das pessoas.

Tenha empatia

Se coloque no lugar dos outros, sem julgar. Entenda e ajude da melhor forma. Lembre-se que as pessoas são diferentes, e as suas reações nem sempre serão do jeito que você acha que deve ser.

Saiba receber e fazer críticas

As críticas fazem parte do crescimento das pessoas. Portanto, saiba recebê-las com humildade e atenção. Ao criticar alguém, avalie as suas colocações e saiba repassar de forma construtiva.

Relação empregado e empregador

De acordo com Graziela Moreno, CEO da Academia de Estratégia (ACAD), a amizade pode ser muito positiva nos negócios, desde que se tenha maturidade. Ela afirma: “Quanto mais maduros o líder e o liderado forem, maior é o posicionamento deles em relação à transparência de diálogos. A maturidade minimiza qualquer efeito negativo que essa relação pode ter”.

A personal coach, Cibele Nardi, afirma que essa virtude também é essencial e está mais presente em relacionamentos que começaram antes do envolvimento profissional. De acordo com Cibele: “Se líder e funcionário se conheceram no trabalho, é melhor que o relacionamento fique no âmbito da camaradagem.

Para que não haja conflitos, as partes precisam saber o seu papel no ambiente de trabalho.

Os pilares do relacionamento interpessoal no trabalho

Veja ainda o que a coach Regina Giannetti Dias Pereira tem a dizer sobre o assunto no video abaixo, no qual ela participou no canal Portal do Palestrante:


Gostou do nosso texto?

Assine nossa Newsletter e entenda um pouco mais sobre o universo corporativo!

Coloque o seu email aqui para receber gratuitamente as atualizações do blog!

6 maneiras de desenvolver a reputação profissional
Psicologia organizacional: tudo o que você precisa saber

Deixe uma resposta

Seu e-mail está seguro. Vamos enviar apenas dicas relevantes para o seu EAD.