Loucos por TecnologiaUm blog sobre tecnologia, inovação e marketing para ensino online.

Desenvolvido para impactar
e otimizar resultados.

Acompanhe e faça parte!

Seu e-mail está seguro. Vamos enviar apenas dicas relevantes para o seu EAD.

Modelo de negócio: conheça os principais formatos

Um modelo de negócio é a escolha estratégica sobre a forma como a sua empresa cria, entrega e captura uma proposta de valor.  Quanto mais cedo um empreendedor tiver isso claro, melhor. Afinal, a escolha norteará o crescimento da organização. Tanto é que, normalmente, o modelo é definido no momento da elaboração do plano de […]

Um modelo de negócio é a escolha estratégica sobre a forma como a sua empresa cria, entrega e captura uma proposta de valor

Quanto mais cedo um empreendedor tiver isso claro, melhor. Afinal, a escolha norteará o crescimento da organização. Tanto é que, normalmente, o modelo é definido no momento da elaboração do plano de negócios. 

Para te ajudar com esse desafio, veja como definir e conheça 5 formatos famosos de modelo de negócio. Confira qual faz mais sentido para a sua realidade e aplique!

 

Como definir o modelo de negócio

 Há vários caminhos que ajudam a definir o modelo de negócio. Idealmente, antes de começarmos uma empresa, devemos elaborar um plano de negócios. 

Para guiar o processo, normalmente, a ferramenta Canvas é a mais indicada. Primeiro porque é compacto – em uma folha, resume toda a proposta de valor de uma organização. Segundo, porque permite a reflexão sobre questões como: 

  • Parceiros;
  • Atividades;
  • Recursos;
  • Oferta de valor;
  • Fontes de custos;
  • Fontes de receita;
  • Segmento de clientes;
  • Estrutura de custo.

Ao refletir e mapear a respeito desses tópicos, o modelo de negócio tende a ficar naturalmente mais claro. 

Quer saber mais sobre como fazer um Canva? Veja este vídeo: 

 

 

Formatos famosos de modelo de negócio

 

1. Assinatura

 Neste modelo, o cliente paga uma quantia periodicamente (geralmente mensal) para ter acesso a um produto ou serviço.

Normalmente, os nichos do entretenimento e o da educação são os que mais se utilizam de assinaturas. Alguns exemplos de empresas que o adotam são a Netflix, a Amazon Prime Video, O Novo Mercado e o Estadão.

 

falar com um consultor

2. Freemium

Aqui, você oferece alguns recursos gratuitamente de um produto ou serviço. Posteriormente, convida o usuário para migrar para uma versão premium (paga), como mais recursos. 

Exemplos de empresas que adotam esse modelo são a Spotify e a HeroSpark. A maior vantagem da escolha é que você forma uma base de leads com maior potencial de conversão após um tempo. 

 

3. Franquia

A franquia permite que um empreendedor tenha o direito de utilizar o nome de uma marca mais consolidada, oferecendo os mesmos produtos ou serviços que a “empresa-mãe”.

O franqueado recebe treinamentos do franqueador, para manter o mesmo padrão do negócio e garantir que a experiência do cliente seja a mesma em qualquer unidade. Em contrapartida, paga uma taxa de entrada, além de parte dos lucros.

 A Subway e a Chili Beans são exemplos de empresas que adotam o sistema. Contudo, instituições das mais diversas áreas podem criar franquias, inclusive as digitais

 

4. Marketplace

Um marketplace, basicamente, é uma loja virtual que permite que outros empreendedores possam vender seus produtos. Em troca, recebe um percentual por cada transação efetivada. 

 

A Magazine Luiza e o Mercado Livre são bons exemplos. A questão é que, para um marketplace fazer sucesso, é essencial que tenha grande visibilidade entre o público-alvo. Afinal, quando um lojista se cadastra nessas plataformas, busca aumentar o alcance da marca. 

 

5. Economia colaborativa

A essência da economia colaborativa é partilhar produtos e serviços, sem a necessidade de comprá-los. Para adotar este modelo, é preciso ter um olhar sensível às carências do mercado, para ajudar a conectar pessoas que têm algo a oferecer àquelas que precisam. Uber, Airbnb e GetNinjas são alguns exemplos que podem te inspirar. 

 

Agora, é só escolher o seu modelo de negócio favorito!

Agora que você já conhece alguns dos principais modelos de negócio, esboce todas as possibilidades que imagina para o seu empreendimento. O Canvas vai ser muito útil para te guiar nesse processo, por isso, recomendamos que utilize-o para planejar a sua empresa.

 

Uma outra opção também é participar do SparkStart, o programa de empreendedorismo digital da HeroSpark, que hoje é gratuito. Lá, você aprende estratégias para a criação de negócios. Clique aqui para saber mais. 

Tipos de infográfico: conheça os principais e use a seu favor
Como fazer um bom brainstorming

Deixe uma resposta

Seu e-mail está seguro. Vamos enviar apenas dicas relevantes para o seu EAD.