Um blog sobre planejamento,
gestão e otimização de cursos
e treinamentos online.

Fique por dentro de atualizações e novidades e potencialize seus resultados.

Acompanhe e faça parte!

Seu e-mail está seguro. Vamos enviar apenas dicas relevantes para o seu EAD.

Dinâmica de grupo: como aliar a tecnologia e inovação?

Dinâmica de grupo é definida como o estudo dos fenômenos dentro de grupos, através de métodos científicos. É considerada uma área das ciências sociais (sociologia), antropologia e psicologia. É muito aplicada em processos seletivos para avaliar candidatos desde 1970, no Brasil e, desde 1950, nos Estados Unidos. A dinâmica de grupo também é aplicada em […]

dinamica-de-grupo

Dinâmica de grupo é definida como o estudo dos fenômenos dentro de grupos, através de métodos científicos. É considerada uma área das ciências sociais (sociologia), antropologia e psicologia. É muito aplicada em processos seletivos para avaliar candidatos desde 1970, no Brasil e, desde 1950, nos Estados Unidos. A dinâmica de grupo também é aplicada em reuniões e treinamentos. Além de ser útil dentro do mundo corporativo, é inserida, inclusive, em atividades nas escolas.   

Dinâmica de grupo em processos seletivos

Em processos seletivos, muitas vezes a dinâmica de grupo inibe candidatos. Por serem avaliativas e determinarem quem realmente está apto a vaga de emprego, a dinâmica os deixa inseguros. É um momento intimidador para os candidatos por eles não saberem exatamente o que sobre eles está sendo avaliado.  E  é uma situação de exposição de suas características, em um ambiente que poderá ser o futuro local de trabalho, na presença de pessoas desconhecidas.

Ainda há a tendência do participante mudar seu comportamento para tentar se encaixar no perfil daquele cargo. Fingir ser alguém diferente do que se é de verdade pode gerar frustração, pois o participante não consegue transparecer o comportamento natural que os avaliadores buscam. Como consequência, talvez ele não ser selecionado para a vaga.

Essa é uma circunstância que causa receio: contratar um funcionário que na rotina de trabalho não atenda as necessidades da empresa. Por isso, alguns processos seletivos contam com a avaliação de mais de uma profissional do RH. Mas é possível acontecer do responsável da área que receberá mais um colaborador também ajudar na escolha.

Para fazer todo o processo de avaliação e chegar aos resultados da dinâmica de grupo, são propostas atividades e situações. Nelas serão observadas se os participantes respeitam a opinião dos outros integrantes do grupo, se sabem tomar decisões em conjunto, se são colaborativos, entre outros critérios.

Mas para que se tenha bons resultados, é preciso que haja um bom planejamento e desenvolvimento da dinâmica. Profissionais no mercado que não são bem preparados para aplicar uma dinâmica de grupo podem causar constrangimento ou alguma situação ruim para um ou mais participantes. Isso interfere também na escolha do profissional com o perfil e qualificações mais adequadas para o cargo pretendido.

A inserção da tecnologia na dinâmica de grupo

Quando se fala em inserir recursos tecnológicos em práticas cotidianas, não necessariamente deve-se pensar que haverá uma mudança total daquela realidade já conhecida. Esse é o caso da dinâmica de grupo tanto dentro quanto fora de ambientes corporativos. A tecnologia é mais uma aliada e seus avanços ajudam a promover uma melhora e agregar valor aos métodos tradicionais já utilizados. Vejamos como inserir a tecnologia na conhecida dinâmica de grupo.

Dinâmica de grupo por chamada de vídeo

A atividade da dinâmica de grupo pode ser realizada por chamada de vídeo em tempo real ou combinada com outras maneiras de avaliar os candidatos online. É possível que os candidatos realizem uma simulação online, por exemplo, durante a chamada de vídeo com o avaliador. Ou as apresentações dos candidatos e instruções do aplicador para a atividade seja online e uma segunda etapa seja realizada através de um site ou plataforma digital.

Para candidatos que são mais tímidos, pode ser uma boa alternativa. Por não ter a interação presencial para avaliar a postura corporal dos participantes durante a atividade, consegue-se notar o tom de voz e algumas expressões corporais. E sem o contato presencial, o participante pode se sentir mais à vontade, ter um melhor desempenho e agir de maneira espontânea nesse primeiro momento que sempre causa mais nervosismo. Sendo assim, tanto avaliadores quanto candidatos são beneficiados.

Independente dos concorrentes a vaga serem tímidos ou extrovertidos, a dinâmica sempre mistura diversos perfis. Mesclando o método habitual da dinâmica de grupo com a tecnologia e realizando-a online, os resultados das atividades propostas ainda podem ser somados ao comportamento dos candidatos. E também considerar o que mais foi observado nas chamadas de vídeo para determinar a continuidade de cada um no processo seletivo.

Multitelas de dispositivos móveis

Com a atual realidade multitela , é possível ver TV, acessar uma rede social e realizar uma compra online ao mesmo tempo. Tudo isso em três telas diferentes. Só no Brasil, até 2013, o número de pessoas que acessaram três tipos de tela simultaneamente era de 30 milhões (TV , PC e Smartphone). Cinco anos depois vemos que esse uso cresceu. E a tendência é de que o número de brasileiros utilizando várias telas ao mesmo tempo aumente.

Dentro desse cenário, é mais simples inserir tecnologia dentro de uma dinâmica de grupo. Isso porque estamos familiarizados com o uso de dispositivos móveis em nossa rotina. É viável até que se desenvolva uma dinâmica de grupo voltada para dispositivos móveis.

Outra opção interessante é substituir a habitual folha de papel pelo uso de tablets. Assim há a possibilidade de usar recursos interativos e audiovisuais. Apresentar os textos, situações e atividades da convencional dinâmica de grupo digitalmente irá tornar a tarefa mais estimulante. Ainda é possível contar com o uso desses recursos interativos também nas plataformas EAD.

Plataforma EAD

O RH das empresas já conhece as plataformas EAD. São uma ótima maneira para treinar colaboradores. Mas também é uma prática para processos seletivos. Isso apenas adaptando conteúdo de cursos online para criar uma tarefa de dinâmica de grupo na plataforma. Basta desenvolver o que precisará ser feito pelos participantes. Depois disso, é só ajustar o conteúdo criado para os recursos que mais forem adequados. Seja vídeo, texto, fórum para discussão da atividade e/ou questionário.

Inclusive, como já citado anteriormente, através do conteúdo e tarefa disponibilizado na plataforma, os candidatos realizam o que é pedido. Mas antes, dar uma introdução via chamada de vídeo com o aplicador esclarecendo o que deverá ser feito também é uma possibilidade.

Há várias possibilidades para serem exploradas nessa modalidade. Uma boa plataforma pode ser flexível de acordo com cada uso, seja processo seletivo ou treinamento de colaboradores. A plataforma Edools disponibiliza automações que facilitam no dia-a-dia e ainda é totalmente personalizável para que seu uso seja mais prático e atenda às suas necessidades.

Surgimento de inovações tecnológicas aplicáveis à dinâmica de grupo

Gamificação

Gamificação é uma palavra que vem sendo muito falada ultimamente. É uma das grandes tendências do mercado para uso corporativo. Mas você sabe o que é gamificação? De maneira geral, nada mais é do que o uso de jogos para desenvolver ou avaliar habilidades de profissionais.

Esse uso de jogos estimula a modularidade mental ao exigir que várias tarefas sejam realizadas simultaneamente. Também geram engajamento, incentivam a competitividade, além de desenvolver várias habilidades. Mas não é apenas em treinamento corporativo que seu uso é válido. Dentro do mundo corporativo, o RH pode contar com este recurso na dinâmica de grupo também.

A gamificação leva o candidato a se envolver mais com a atividade do que em atividades tradicionais da dinâmica. Através de simulações de situações reais, avalia-se como os candidatos irão se comportar diante delas. Ou até mesmo a solução que irão trazer. E os resultados dos desempenhos são mais precisos, devido a recompensas que irão receber. Ao atingir determinado resultado positivo, os indivíduos colaboram entre si e fazem um ótimo trabalho em equipe.

Nossa plataforma oferece a gamificação dentro do módulo de automações para ajudar a gestão de pessoas a engajar. Essa é uma dentre várias outras soluções que oferecemos no nosso produto.

Realidade virtual

Hoje a realidade virtual está se tornando uma prática mais comum para o uso corporativo. Isso porque os custos de desenvolvimento e entrega vêm caindo de maneira mais acelerada. Nos próximos anos haverá uma quantidade maior de conteúdos, que hoje são oferecidos tradicionalmente como simulações, por exemplo.

Atualmente já contamos com a gamificação, que transforma esses conteúdos em experiências imersivas de realidade virtual e realidade aumentada. Na dinâmica de grupo, um óculos de realidade virtual intensifica a situação proposta. Ele tem a capacidade de incentivar o participante a entregar um desempenho muito superior. Já que é uma situação mais sensorial e, por isso, estimulante . Assim como nos jogos, a simulação em que o indivíduo estará inserido fará com que ele se esforce ao máximo para obter o melhor resultado.


Optar por inserir, na dinâmica de grupo, tecnologias que são mais comuns no cotidiano ou inovações tecnológicas irá melhorar resultados. Mas independente de qual opção for escolhida ou quais recursos serão utilizados, há um detalhe importante. É necessário aplicar tarefas para os integrantes dos grupos de maneira correta. Como já foi dito anteriormente neste artigo, os profissionais devem ser qualificados. E as situações as quais os candidatos estarão participando, adequadas.

A Edools apresenta a melhor plataforma EAD para você realizar uma dinâmica de grupo online com facilidade.

Se você tem alguma dúvida sobre este assunto após a leitura, compartilhe conosco. Deixe seu comentário para tentarmos esclarecer da melhor maneira possível. Também gostaríamos de saber sobre sua experiência com alguma dinâmica online que você ou sua empresa já realizou. Quanto mais informações sobre esse assunto, mais iremos conseguir melhorar os resultados.

Até o próximo artigo!

Como ser um professor online de sucesso
Plano de aula: guia completo para cursos online

Deixe uma resposta

Seu e-mail está seguro. Vamos enviar apenas dicas relevantes para o seu EAD.