Um blog sobre planejamento,
gestão e otimização de cursos
e treinamentos online.

Fique por dentro de atualizações e novidades e potencialize seus resultados.

Acompanhe e faça parte!

Seu e-mail está seguro. Vamos enviar apenas dicas relevantes para o seu EAD.

Produção Audiovisual: tudo o que você precisa saber sobre a área

Atuar com audiovisual pode ser um desafio e tanto. Por isso, reunimos nesse artigo tudo o que você precisa saber sobre a prática para ter sucesso.

audiovisual

O trabalho em audiovisual permite o manuseio com vídeos, roteiros e edição digital. Para quem se profissionalizar na área vai atuar dentro do mercado de som e imagem.

Para entender como a carreira funciona é preciso conhecer um pouco deste ofício. Hoje muitos profissionais com experiência ainda sentem dificuldade na atuação.

Normalmente, quem está iniciando neste setor possui muitas dúvidas de como começar. Pensando nisso, trazemos no artigo algumas informações a respeito desta formação.

No texto vamos abordar algumas questões relacionadas ao audiovisual. Para isto trazemos os seguintes tópicos:

O que é audiovisual

Principais áreas do audiovisual

Qual escolher: Faculdade ou cursos livres

Monte o seu portfólio

Mercado de trabalho no audiovisual

Acompanhe o artigo até o final, pois vamos trazer todos estes detalhes. Para quem deseja especializar na área é a melhor forma de ficar atualizado. Se tiver qualquer dúvida basta deixar o seu comentário ao final do texto.

Boa leitura!

O que é audiovisual

De forma técnica o audiovisual é um modo de comunicação produzida através de componentes visuais. Estas podem ser imagens, desenhos, signos e até gráficos.

Entram nesta categoria os itens que são sonoros, como voz, música, ruído, efeitos onomatopeicos, etc. Estes itens garantem a comunicação por meio de diversas combinações.

No Dicionário Houaiss, a palavra traz o seguinte significado:

“Qualquer comunicação, mensagem, recurso, material, etc. que se destina a ou visa estimular os sentidos da audição e da visão simultaneamente”.

Coloque o seu email aqui para receber gratuitamente as atualizações do blog!

No Dicionário Aurélio, temos a seguinte definição:

“Diz-se [audiovisual] do que pertence ao método ativo de ensino fundamentado na sensibilidade visual da criança e que utiliza a apresentação de imagens, de filmes e de gravações”.

Independente do conceito, podemos dizer as possibilidades de se atuar com audiovisual são bastante grandes. Vamos falar sobre cada uma delas a seguir.

Principais áreas do audiovisual

Para quem deseja atuar nesta área profissional existem diversas setores que podem ser seguidos. A seguir veja algumas vertentes:

Produtor audiovisual

O produtor audiovisual trabalha com planejamento, execução e até acompanha o seu projeto. O objetivo deste profissional é lidar com a captação de recursos, casting, pesquisa, logística e acompanhamento.

Diretor de fotografia

O diretor de fotografia tem como responsabilidade o trabalho de fotografia. O direito precisa ter domínio de ferramentas e conhecimento sobre luz, da câmera, lentes e outros acessórios. Este profissional é mais técnico e pode auxiliar no roteiro do conteúdo.

Editor

Mesmo que nem sempre esteja disponível, o trabalho do editor audiovisual consiste na produção. O profissional recebe imagens, cenas, partes e efeitos.

Diversos profissionais são envolvidos neste trabalho e sua função é extremamente importante na produção.

Roteirista

Para quem gosta de criar ou contar histórias o audiovisual traz esta liberdade. Na hora de narrar os fatos, expressar ideias ou itens de modo artístico o roteiro consegue trazer esta transformação.

  • Devido à diversidade da área de atuação, o profissional pode exercer outras funções, como:
  • Captação de recursos;
  • Cenografia;
  • Criação de programas;
  • Desenvolvimento de filmes com técnicas de animação;
  • Direção de programas e equipes de produção;
  • Edição;
  • Elaboração e produção de conteúdos publicitários;
  • Figurino;
  • Finalização;
  • Fotografia;
  • Iluminação;
  • Operação de equipamentos de áudio e vídeo;
  • Planejamento de grades televisivas ou radiofônicas;
  • Produção de documentários jornalísticos e artísticos;
  • Redação de roteiros e sonorização.

No vídeo a seguir, podemos entender um pouco mais sobre as principais áreas da produção audiovisual. Vale a pena dar uma olhada.

Qual escolher: Faculdade ou cursos livres

A carreira no audiovisual pode iniciar com o investimento nos estudos. O candidato pode definir um curso técnico ou também optar pelos cursos livres.

Normalmente as empresas exigem uma graduação na área, portanto, fica ao seu critério qual escolher. As opções são variadas e existem setores com nível médio de aprofundamento. Neste caso, a faculdade pode ser uma excelente alternativa.

De qualquer modo, para evoluir é preciso que o estudante dedica-se, não importa a forma definida. O ideal é especializar dentro do segmento que deseja seguir. A formação tecnológica é um meio técnico com foco na prática.

No entanto, a formação traz detalhes mais teóricos, que pode trabalhar com produção, filmes, entre outros. O objetivo é que o profissional de audiovisual aprenda a criar projetos, dirigir, produzir, coordenar e roteirizar.

Conforme o curso escolhido, isto pode influenciar na sua carreira. Os treinamentos e especializações também são bem vindos, independente se for a graduação presencial ou à distância.

Monte o seu portfólio

Para se destacar no mercado é fundamental que você desenvolva o seu portfólio. Este material é extremamente útil para sua apresentação na área.

O indicado é que todo trabalho, estudo, ou projeto na área, sirva como um portfólio. Todo novo processo deve ser organizado para quem possa servir como experiência e apresentação profissional.

Conforme for avançando os estudos, isto influência na sua competência e responsabilidade. Estas características devem estar inclusas nos seus trabalhos. Não esqueça de manter sempre o seu portfólio atualizado.

Mercado de trabalho no audiovisual

Nos últimos anos o setor de produção audiovisual brasileiro tem crescido. Conforme Agência Nacional do Cinema (ANCINE), o crescimento em 2017 foi de 10% em relação ao ano anterior. Com estes números o setor chegou um faturamento de R$ 55,4 bilhões.

Como este campo está em expansão, constantemente ele passa por transformações.

No estudo “Emprego no setor audiovisual” divulgado pela ANCINE, o audiovisual tem gerado mais empregos na TV aberta. Em exemplo, o setor conseguiu alcançar 54% das contratações do mercado.

O estudo também revelou “mais de 26 mil postos de trabalho no país, com 61% dos empregos da região Sudeste, 14% no Nordeste, 12% na região Sul e 6% no Norte”.

Pela área o profissional pode atuar em agências de marketing e de publicidade, cinematecas, museus de imagens e sons, rádios, televisões abertas e fechadas. Os centros de documentação privados e estatais, empresas de eventos, produtoras audiovisuais e provedores de conteúdo digital.

A média salarial pode variar como Trainee em empresas de pequeno porte, ou atuação em empresas de grande porte. Para ter uma média específica o indicado é consultar o Sindicato dos Trabalhadores na Indústria Cinematográfica e do Audiovisual do seu estado.


Com o desenvolvimento da área e a necessidade cada vez mais de mídia é natural à procura por profissionais de qualidade. Com o crescimento do uso de vídeos, estimulados pelo aumento de canais no YouTube e de cursos online, cada vez mais é preciso se especializar e atualizar.

Através destas informações fica mais fácil conhecer um pouco deste universo. Para quem deseja mais dicas sobre o audiovisual, aproveite para assinar nossa newsletter.

Até a próxima!

Como criar um centro de treinamento em sua empresa?
Thumbnail: Saiba como usar nos seus vídeos e converter visitas

Deixe uma resposta

Seu e-mail está seguro. Vamos enviar apenas dicas relevantes para o seu EAD.