Um blog sobre planejamento,
gestão e otimização de cursos
e treinamentos online.

Fique por dentro de atualizações e novidades e potencialize seus resultados.

Acompanhe e faça parte!

Seu e-mail está seguro. Vamos enviar apenas dicas relevantes para o seu EAD.

Entenda a Aprendizagem Adaptativa

A aprendizagem adaptativa vem se tornando tendência entre os estudantes e professores. Mas você sabe o que é aprendizagem adaptativa? A aprendizagem adaptativa é uma metodologia de ensino que busca entender as necessidades de cada aluno e se molda para atender a cada um. Pensando no ritmo e dificuldades individualmente, esse método propõe a adaptação […]

aprendizagem-adaptativa

A aprendizagem adaptativa vem se tornando tendência entre os estudantes e professores. Mas você sabe o que é aprendizagem adaptativa?

A aprendizagem adaptativa é uma metodologia de ensino que busca entender as necessidades de cada aluno e se molda para atender a cada um. Pensando no ritmo e dificuldades individualmente, esse método propõe a adaptação do ensino.

Parece inviável pensar que o professor vai conseguir atender a tantas demandas diferentes sozinho, não é? O segredo é que na verdade o professor não está sozinho. A tecnologia é o trunfo desse método.

A tecnologia age através de plataformas que interpretam as respostas do aluno e traduzem para o professor o ritmo de aprendizagem de acordo com a disciplina, tema dentro dela, atividade específica, entre outras variáveis. Dessa forma, o docente consegue entender melhor o estudante e o que ele precisa.

Qual a diferença entre a Aprendizagem Adaptativa e os outros métodos?

O modelo tradicional em que o professor é o centro das atenções na sala de aula e o estudante é um expectador passivo surgiu com o iluminismo no século XVIII. Hoje, 3 séculos depois, ainda utilizamos o mesmo formato. Não é estranho pensar que, com tantas inovações, estamos nos prendendo a um modelo de 300 anos atrás?

Porém não precisamos mais nos prender. A tecnologia mais uma vez nos mostra que é possível otimizar tarefas mecânicas e cansativas. E o ensino não precisa ser mecânico e cansativo, pode ser personalizado e eficiente. Para isso, temos a aprendizagem adaptativa.

Com a aprendizagem adaptativa, o aluno deixa de ser um mero expectador passivo. Ele pode assistir às aulas quando quiser, onde quiser e o seu ritmo de entendimento é que dita o decorrer do curso.

No modelo clássico, muitas vezes o aluno acaba sofrendo com defasagem de conteúdo ao tentar se adequar a um modo de aprender que não é o dele. Isso acaba gerando frustração, já que o estudante acredita que seja um problema com ele e não com o método. Na aprendizagem adaptativa ele não tem que lidar com outros modos de aprender, pois só existe o dele.

Conforme o aluno mostra suas necessidades em relação ao curso, o sistema analisa essas carências e o professor age com maior precisão.

Diferente do modelo tradicional, em que o estudante obrigatoriamente tem que entrar em sintonia com o grupo, na aprendizagem adaptativa é o professor que entra em sintonia com cada estudante.

Seus alunos não são todos iguais

O modelo antigo acaba por ignorar as particularidades dos estudantes. Cada um tem vivências e habilidades diferentes que influenciam na forma como as informações serão absorvidas e reproduzidas. Por isso é necessário uma metodologia que contemple essas particularidades.

Em 1983, Howard Gardner, professor de Harvard, revolucionou a psicologia e a educação ao apresentar a teoria das inteligências múltiplas. Seu estudo afirma que existem tipos de inteligências e que se diferem a partir da maneira como as informações são processadas.

Inteligências contempladas pela Aprendizagem Adaptativa

Ao mostrar que as pessoas têm habilidades de aprendizado diferentes, Gardner mostrou que uma estratégia puramente lógico-matemática, como era feita, não contemplaria a todos. Da mesma forma, um método de aprendizagem tão fechado, como o que estamos habituados, acaba não satisfazendo a todos os seus alunos.

Podemos perceber então que, por serem tão diferentes, as pessoas precisam que o ensino seja passado de uma forma mais específica. Esse é o objetivo da aprendizagem adaptativa.

A aprendizagem adaptativa tem uma série de vantagens tanto para os aluno quanto para os professores.

Vantagens da Aprendizagem Adaptativa

Para o professor:

  • Correção automática de atividades

O professor não gasta tempo corrigindo um grande volume de atividades, já que a maioria delas pode ser corrigida pelo software. Tirando as questões discursivas, tanto as questões de múltipla escolha, quanto as associativas e de verdadeiro ou falso passam por correção automática.

  • Dados completos

O educador recebe dados avaliativos completos, como o desempenho em cada atividade, tempo gasto, os pontos de maior e menor dificuldade. Além de ficar por dentro também do engajamento do aluno. Esses recursos permitem que o orientador identifique a melhor forma de ajudar e possa dar um feedback mais completo.

  • Facilita a organização

O maior tempo disponível aliado à obtenção dos dados permite que o professor possa organizar melhor o plano de aulas. Um plano de aulas bem feito é primordial para a boa estruturação de um curso. Com um roteiro bem pensado, a execução fica muito mais fácil.

  • Roteiro de aula específico

Com esses recursos o professor é capaz de disponibilizar o conteúdo da forma mais adequada de acordo com o estudante. Entrar no ritmo do aluno, tornando o ensino mais didático possível pensando nas necessidades de cada estudante.

Para o aluno:

  • Ritmo respeitado

Não é preciso tentar se adequar ao ritmo de aprendizado de outras pessoas. Isso permite que o tempo gasto em período de adaptação seja muito menor. O que significa maior tempo focado no que realmente importa.

  • Ser protagonista

Tendo em vista a não necessidade de se preocupar com um grupo, o aluno fica no centro do seu próprio aprendizado. Além disso, a atenção é personalizada, o que também gera mais motivação.

  • Mobilidade

Sendo online, o aluno pode escolher quando e onde ter as aulas, adaptando o curso à sua rotina. Dessa forma, o índice de abandono é menor.

Como funciona

Com as plataformas LMS, é possível ter todas essas vantagens driblando as dificuldades do ensino presencial. Isso porque um LMS faz a análise necessária usando algoritmos que interpretam as respostas e reações do aluno, assimilando seu ritmo.

Sempre que o aluno interage com o curso de alguma forma, o sistema analisa todos os dados da interação, tempo para resolução de atividades, desempenho. Assim, é possível reduzir ou acelerar a velocidade do conteúdo tendo como base a dificuldade do estudante.

Na plataforma Edools, por exemplo, há o módulo de automações. Nele, o administrador do curso consegue criar diversos tipos de ação que a plataforma vai executar automaticamente a partir de alguma ação específica do aluno.

Se um aluno tem um índice de erro alto e reprova no curso, a plataforma pode matriculá-lo num curso de reforço. Além disso, você também consegue enviar emails e SMS através da própria Edools. Vale a pena conferir!

Por que você precisa disso

Apesar de termos passado tanto tempo com um modelo de ensino tão estrito, a tecnologia é uma tendência crescente na educação. De um lado, a grande demanda por qualificação e do outro, a falta de tempo. Ambos os fatores foram a receita perfeita para o crescimento do ensino a distância.

A aprendizagem adaptativa vem diretamente atrelada a esses processos tão fortes. Reduz o tempo gasto pelo professor, flexibiliza o tempo do aluno, dá ferramentas para otimizar o trabalho do professor e maximiza o entendimento do aluno. Por isso a aprendizagem adaptativa é um método tão bom.

Desafios

Agora que você já sabe da eficácia desse método, deve estar pensando como instituí-lo na sua instituição ensino, certo?

Bom, para começar, na modalidade presencial seria um desafio e tanto. Isso porque numa sala de aula presencial a análise é muito subjetiva e difícil de seguir vários ritmos diferentes para um grupo.

Optando por seguir o método no modelo presencial, você vai gastar muito tempo esperando todos os alunos chegarem ao mesmo ponto. Além de perder várias características vantajosas que são as principais desse método.

Conclusão

O melhor caminho a seguir é começar uma modalidade EAD no seu curso, que além de te custar menos que um curso presencial, tem uma série de outros benefícios e te permitirá desfrutar integralmente de todas as vantagens da aprendizagem adaptativa.

Se você está se perguntando como criar um curso online do zero, nós podemos te ajudar! Você pode falar com um de nosso consultores ou deixar um comentário aqui.

Até mais!

Dados do mercado EAD 2018 - EaDCast #3
Endomarketing: a ferramenta para o engajamento na sua empresa

Deixe uma resposta

Seu e-mail está seguro. Vamos enviar apenas dicas relevantes para o seu EAD.