Um blog sobre planejamento,
gestão e otimização de cursos
e treinamentos online.

Fique por dentro de atualizações e novidades e potencialize seus resultados.

Acompanhe e faça parte!

Seu e-mail está seguro. Vamos enviar apenas dicas relevantes para o seu EAD.

Estratégias para fazer networking em eventos online

Os eventos sempre foram considerados excelentes formas de conhecer e se conectar com pessoas que têm algum interesse comum.  Seja um cliente, lead, um parceiro, um fornecedor ou até mesmo um colaborador, fazer um evento ajuda a fortalecer o relacionamento com qualquer stakeholder.  Pode parecer contraditório, mas fazer networking em eventos online pode ser ainda […]

Os eventos sempre foram considerados excelentes formas de conhecer e se conectar com pessoas que têm algum interesse comum. 

Seja um cliente, lead, um parceiro, um fornecedor ou até mesmo um colaborador, fazer um evento ajuda a fortalecer o relacionamento com qualquer stakeholder. 

Pode parecer contraditório, mas fazer networking em eventos online pode ser ainda mais efetivo do que no corpo a corpo. 

Com algumas estratégias simples e aplicáveis, este artigo vai te ajudar a se conectar com pessoas relevantes para sua carreira ou negócio. Vamos nessa?

 

Por que fazer networking?

Muito se fala sobre networking, mas você sabe realmente o poder que essas conexões têm?

No universo corporativo, o trabalho em equipe é fundamental, e é muitas vezes considerado um soft skills. Ter uma rede de contatos é algo valioso, que pode trazer bons negócios e oportunidades, especialmente de emprego. 

Mas para se construir esse relacionamento, não basta adicionar a pessoa à sua lista de contatos do LinkedIn. Fazer networking é manter um diálogo, prolongar a conversa, avançar nas discussões. 

Por isso, o primeiro passo de qualquer plano de ação para networking é pensar: ‘por que devo me conectar com essa pessoa? Qual objetivo busco nesse relacionamento?”. 

As respostas podem ser as mais variadas possíveis, mas devem girar em torno de:

  • trocar conhecimento; 
  • compartilhar experiências; 
  • conquistar uma oportunidade de trabalho; 
  • gerar leads ou negócios;
  • estabelecer parcerias…

Uma vez que você sabe muito bem aonde quer chegar com esse relacionamento profissional (que fique bem claro!) é hora de colocar em prática as iniciativas que vão tangibilizar seu planejamento. 

 

Tipo de evento: um aliado (ou não) no seu networking

Você sabia que o tipo de evento online pode te ajudar ou te atrapalhar na hora de conectar com as pessoas de interesse? 

Tirando as conferências, em que os participantes entram apenas como ouvintes e não há possibilidade de interação, todos os demais formatos favorecem o networking. 

Webinars e lives são os tipos mais comuns e geralmente disponibilizam chat ao vivo, com ou sem moderação. Os workshops, por natureza, colaboram para a integração das pessoas, por serem uma atividade em grupo no estilo oficina de trabalho. 

As feiras corporativas, como foco em negócios, principalmente, são muito boas para se conectar com leads, conhecer concorrentes e saber o que está rolando no mercado. 

Entretanto, o modelo cujo território seja mais propício para networking são os meetups, que na tradução do inglês, significam “encontros”. Neste tipo de evento, a proposta principal é exatamente essa: promover sessões de networking e até mesmo de mentoria.

Esse benefício costuma ter um preço, especialmente em se tratando de eventos “freemium”. Por isso, aqui vão algumas dicas de como fazer networking em eventos online sem custo. Desde que a sua participação seja gratuita, é claro! 

 

4 estratégias para fazer networking em eventos online 

Se destacar em um evento online, sendo participante, vai demandar de você um preparo prévio. E de coragem! 

Isso mesmo: deixe a timidez de lado e se empenhe em contatar pessoas sem medo! Aqui vão algumas boas práticas que vão te ajudar nessa tarefa:  

  • Se prepare para o evento

Tudo começa com a tarefa de casa. Estude sobre o evento, o tema dos painéis e o perfil dos convidados. Isso vai te situar sobre como é formada a plateia, quem são os interessados nesse conteúdo. 

A ideia aqui é te capacitar para participar da live ativamente (veja mais para frente) a ponto de fazer uma pergunta relevante, que se diferencie das demais e que tenha mais chance de ser respondida pelos painelistas. 

Muitos organizadores usam o recurso de criação de eventos no Linkedin e no Facebook para divulgar suas produções. A lista de participantes é pública e você pode usá-la para analisar e se conectar com perfis que julgue interessantes. Use o evento como “gancho” para puxar conversa. 

  • Conheça os painelistas

Ainda nessa linha, é primordial conhecer quem está no palco, ainda que seja virtual. Se conecte aos palestrantes nas redes sociais, especialmente Linkedin. 

Fale sobre o evento. Se for antes do evento, comente sobre sua expectativa ou até mesmo antecipe questionamentos. Se for depois, fale sobre o que mais gostou ou aprendeu com a fala daquela pessoa. 

É claro que sua mensagem pode ser sumariamente ignorada, especialmente em se tratando de personalidades ou figuras muito atribuladas. Porém, tentar não custa nada! 

  • Publique sua participação no evento

Sendo bastante direto neste ponto: aproveite da imagem do evento para promover a sua. Use as ferramentas e recursos disponíveis nas redes sociais para mostrar sua participação. 

Isso é bem simples: publique sua participação no Linkedin ou Instagram, por exemplo, marque o perfil do evento, faça check in (virtual mesmo) e use as hashtags que direcionam a sua postagem. 

Se bem trabalhada, sua postagem pode ser republicada pela organização do evento, aumentando ainda mais seu alcance. Como falamos antes, mostre sua cara sem receios! 

  • Se engaje na live

Participe ativamente das discussões fazendo comentários ou perguntas no chat aberto. Mas tome cuidado para não exceder os limites enviando mensagens sucessivas, sem deixar espaço para os demais participantes também interagirem. 

Se engaje nas dinâmicas, enquetes ou outros tipos de atividades interativas, especialmente tarefas em grupo, caso haja. O mesmo vale para área de café ou sessão de happy hour virtuais.

Use os recursos que a plataforma de eventos oferece, especialmente se tiver chat privado ou salas reservadas para networking, também chamadas de breakout rooms. 

Colete endereços de e-mails ou conecte-se no LinkedIn com todas as pessoas que cruzar virtualmente no evento. Lembre-se de que a conversa deve seguir após o término do evento. 

Este é um dos principais erros de quem faz networking: não manter contato. Relacionamentos profissionais são feitos de constância, não deixe a conversa esfriar. 

Como você viu neste artigo, conhecer e se relacionar profissionalmente com as pessoas que participam de um evento online não é uma tarefa difícil, mas sim trabalhosa. 

Esperamos que este conteúdo te ajude a aumentar a sua rede de contatos e conquistar os objetivos definidos para cada perfil adicionado à sua estratégia. 

Como criar um site de vendas rápido e fácil

Deixe uma resposta

Seu e-mail está seguro. Vamos enviar apenas dicas relevantes para o seu EAD.