Um blog sobre planejamento,
gestão e otimização de cursos
e treinamentos online.

Fique por dentro de atualizações e novidades e potencialize seus resultados.

Acompanhe e faça parte!

Seu e-mail está seguro. Vamos enviar apenas dicas relevantes para o seu EAD.

Engajamento de colaboradores: como criar em prol dos objetivos empresariais?

Gestores e profissionais de RH buscam criar e manter um engajamento no ambiente de trabalho. Mas nem sempre se sabe como promover isso na empresa. Por isso, neste artigo explicamos um pouco do contexto de engajamento, bem-estar de colaboradores nas empresas e ações de engajamento na prática para aplicar na sua empresa.

engajamento

Ainda hoje temos a velha ideia de que o mais importante para uma empresa sempre é a parte financeira, lucros e tudo relacionado a dinheiro. Mas existem outros fatores muito importantes também e que, graças à eles, é que os recursos financeiros se mantém. E não pense que esses fatores são apenas os produtos ou serviços que a empresa vende. Vai muito mais além disso.  

Um dos maiores recursos, além do financeiro, são os recursos humanos, responsável por manter a empresa funcionando e por fazer as coisas acontecerem no dia-a-dia. Por isso, de uns anos para cá, os gestores e o setor de RH têm olhado para os colaboradores com outros olhos. Por exemplo: antes da década de 90 o departamento de RH era o chamado departamento pessoal, que tinha como função maior fazer recrutamento e seleção, contratações, demissões, fazer o pagamento dos salários e outras funções burocráticas.

Outra mudança que podemos citar é o surgimento do endomarketing e corporações cada vez mais preocupadas com o bem-estar de seus funcionários. E nas startups e empresas grandes que tem um viés menos “engessado” isso fica bem claro: há tempo e espaço reservado para diversão e até descanso. Mas, será que só isso é o suficiente para manter os colaboradores satisfeitos em seus cargos? Será que é isso que faz com que eles se envolvam de corpo e alma em seus trabalhos?

O engajamento no contexto atual nas empresas

A palavra que surge nesse contexto é engajamento! A visão de que funcionários engajados e comprometidos com a empresa são sua principal energia surgiu com muito mais força no século XXI. A partir dos anos 2000 a felicidade no trabalho deixou de ser algo utópico para se tornar algo real.  A empresas desde então buscam profissionais que gostam do que fazem, mas, no meio do caminho, a preocupação é de manter essa paixão pelo que fazem acesa para que o rendimento e produtividade não caiam. E é aí que entra a preocupação com o bem-estar membros da organização. 

Não podemos esquecer de ressaltar que os bons líderes já entenderam que a relação entre engajamento e aumento da produtividade é bastante estreita. É essa nova geração de líderes com essa visão que influencia muito nas mudanças ambientais e comportamentais citadas anteriormente neste artigo. 

Engajamento na prática

Mas como promover esse engajamento quando minha empresa não é uma startup como o Nubank ou uma empresa como o Google? Não se preocupe! Existem ações que você pode implementar independente do perfil da sua empresa. Conheça algumas abaixo:

Coloque o seu email aqui para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Apostar em uma cultura voltada para pessoas

Empresas que compreendem a equipe de colaboradores como seu principal patrimônio têm sucesso garantido. E isso gera a valorização do fator humano dos funcionários.

Permitir que os colaboradores equilibrem sua vida pessoal com a profissional é a preocupação das grandes empresas que contam com um time engajado e produtivo. Os momentos de trabalho duro são tão importantes quanto os momentos de lazer e diversão.

Forçar os funcionários a chegar em um estado de exaustão gera estresse, desmotivação e queda no índice de produtividade. Por isso, muitas empresas investem em ações de endomarketing voltadas para um ambiente de trabalho agradável (um ótimo exemplo é a Google) ou para benefícios como clubes e festas (como as oferecidas pela Fiat a seus funcionários e família).

Case da Zappos

A empresa Zappos é uma empresa de serviços que vende sapatos online. Mas o que ela “vende” mesmo é felicidade, um atendimento excelente e uma cultura organizacional inspiradora. O engajamento que a empresa promove no ambiente de trabalho é impressionante!

 O case da Zappos é um dos mais famosos do mundo e referência nesses assuntos. Vale a pena parar um pouquinho para ler.

A seguir, você pode também conhecer alguns pontos do case no video do canal “André Faria Show” no Youtube:

E no video abaixo, o próprio CEO da Zappos, Tony Hsiesh, conta sobre sua trajetória e a Zappos.

Uma dica: ative a legenda, em português, gerada pelo Youtube, no símbolo da engrenagem na barra de play.

 

Estabelecer metas desafiadoras

Estabelecer metas claras e comunicá-las à sua equipe é fundamental para que todos saibam o objetivo de seu trabalho.

A comunicação faz com que cada indivíduo assimile sua importância nos processos organizacionais. Saber como a função que exerce contribuirá para o alcance das metas da empresa já gera um senso de utilidade muito motivador para engajar funcionários.

Saber que é importante para o sucesso da empresa faz com que todo o esforço de profissional tenha um propósito significativo, o que aumenta sua produtividade.

Além disso, metas mais desafiadoras podem funcionar como um estímulo à produtividade dos colaboradores. E, também, promove um engajamento no processo de alcançar a meta estabelecida..

Contudo, meta desafiadora não é sinônimo de meta impossível. Nesse caso, o efeito pode ser o contrário: quando um funcionário sente que o objetivo é irreal e está fora de seu alcance, ele se sente desmotivado e não correrá atrás desse propósito.

 

Valorizar e recompensar o colaborador

O ser humano gosta de sentir que seus esforços são reconhecidos pelos seus superiores. Portanto, para mantê-los motivados, uma das práticas mais utilizadas é oferecer recompensas.

O reconhecimento principal se dá por meio de uma remuneração compatível com o mercado e benefícios justos. Porém, é possível utilizar elementos extras como um incentivo a mais para os esforços do funcionário.

Esse tipo de programa de incentivo geralmente é colocado em prática a partir do estabelecimento de metas. Aqueles que alcançarem os objetivos predefinidos, serão recompensados por isso. E, por ter isso em mente, os colaboradores acabam criando um engajamento natural.

Prêmios, gratificações em dinheiro e brindes são fortes elementos motivadores para constantes melhorias no desempenho dos colaboradores.

É importante lembrar que a recompensa não é necessariamente algo tangível. Muitas vezes, um elogio basta para que o funcionário se sinta reconhecido, melhorando a relação com seu líder e aumentando seu comprometimento.

 

Plano de desenvolvimento de carreira

Grande maioria das pessoas busca crescimento profissional. Quando as oportunidades são oferecidas dentro da própria empresa, esse é um ótimo motivo para permanecer nela e melhorar seu desempenho.

Segundo a pesquisa Randstad Employment, de 2011, cerca de 86% das pessoas deixam seus empregadores devido a uma falta de desenvolvimento de carreira.

O plano de carreira funciona como uma espécie de guia, com pequenos objetivos profissionais que corroboram para o alcance de um grande objetivo geral: o crescimento na carreira.

Mas esse conceito não deve ser associado àquele que surgiu da década de 60, onde as imposições eram feitas pela empresa e o profissional não tinha escolhas.

Inclusive, o plano de carreira não deve ser necessariamente associado a um crescimento vertical, e sim na identificação clara de valores, talentos e o propósito do funcionário na empresa. Dessa forma, ele poderá contribuir ao máximo para a mesma.

E para se chegar a essa conclusão, é importante realizar as chamadas conversas de carreira, entre o líder e os funcionários, a fim de buscar um alinhamento entre os interesses de ambos.

Essa ferramenta de gestão de pessoas é considerada como o maior fator de engajamento atualmente, pois faz com que os profissionais estejam motivados a melhorar constantemente seu desempenho e superar os obstáculos.

A empresa tem como principal benefício a retenção de talentos. Aqueles funcionários mais motivados e competentes conseguirão, de fato, se desenvolver dentro da empresa, mantendo um saudável fluxo de crescimento dentro da organização.

O desenvolvimento de carreira é uma forma de engajar funcionários que reduz o índice de rotatividade, melhora o ambiente de trabalho e gera maior estabilidade à empresa.

As iniciativas de engajamento devem se adaptar à realidade de cada empresa e às necessidades de seus colaboradores. Investir em uma equipe satisfeita e motivada adiciona um combustível especial à sua força de trabalho, refletindo positivamente nos âmbitos operacionais e financeiros.

Engajar funcionários é considerado um desafio nas organizações, porém seus resultados fazem todo o esforço valer a pena. Nem a melhor estratégia ou a melhor estrutura do mercado conseguiria se destacar sem funcionários que colocam seus corações e mentes em seu trabalho.

 

Promover programas de treinamento

Oferecer programas de treinamento é benéfico tanto para o colaborador quanto para a própria empresa.

O treinamento é um processo educacional que visa promover crescimento no conhecimento do indivíduo. Eles podem ser específicos de uma área de atuação ou mais genéricos, tratando de assuntos como trabalho em equipe ou criatividade.

Preparar os colaboradores é imprescindível para a empresa, uma vez que sua capacitação permitirá a realização das atividades profissionais da melhor maneira possível, atendendo aos objetivos de produtividade da empresa.

Porém, essa ação vai muito além disso e causa o engajamento que gestores e colaboradores tanto querem. Um colaborador quando participa de algum curso ou treinamento promovido pela empresa, se sente valorizado e útil.

Reciclar o colaborador é permitir que ele tenha suas habilidades e competências desenvolvidas, fazendo com que ele perceba as vantagens de permanecer na empresa e oferecendo-o melhores oportunidades de desenvolvimento de carreira.

 

Treinamento Online

O treinamento por meio de cursos online nas empresas ganha cada vez mais espaço. Muitas organizações optam por esta modalidade por precisarem usar, em questão de estrutura física, nada mais que uma sala, computadores e internet, minimamente. E as empresas já contam com esses três itens. Isso reduz custos com profissionais para ministrar o treinamento. Além disso, os profissionais tem a possibilidade de realizarem o treinamento com mais flexibilidade.

Existem algumas formas de viabilizar os conteúdos para os colaboradores em treinamentos. Uma delas é por meio de uma plataforma de ensino online, na qual os materiais, videos e etc ficam hospedados e concentrados em um único lugar no qual os colaboradores podem ter fácil acesso e a qualquer momento.

Nós da Edools oferecemos essa solução de plataforma de ensino online. E você pode falar com um de nossos consultores para saber como funciona com detalhes e entender melhor como inserir a plataforma no seu projeto.

Espero que possamos lhe ajudar com a nossa plataforma Edools e com este artigo também.

Tem alguma dúvida? Deixe aqui nos comentários!

Até o próximo artigo!

Edools para o futuro
Como se tornar um estudante online de sucesso?

Deixe uma resposta

Seu e-mail está seguro. Vamos enviar apenas dicas relevantes para o seu EAD.