Um blog sobre planejamento,
gestão e otimização de cursos
e treinamentos online.

Fique por dentro de atualizações e novidades e potencialize seus resultados.

Acompanhe e faça parte!

Seu e-mail está seguro. Vamos enviar apenas dicas relevantes para o seu EAD.

Como escolher a trilha sonora ideal do seu vídeo?

A trilha sonora de um filme ou um vídeo é um dos elementos mais importantes na criação de qualquer produto audiovisual. Por isso, no texto de hoje vamos dar algumas dicas para você escolher a trilha sonora ideal para o seu vídeo.

trilha-sonora

Desde os tempos do cinema mudo, a trilha sonora fazia com que o público pudesse entender a história a ser contada, sem precisar recorrer a outras explicações de diretores ou autores.  

Com o advento do cinema falado, a música passou a ter uma importância maior, servindo de apoio para o desenvolvimento da trama, criando o clima para os personagens e emocionando o público.

Por isso, a trilha sonora ganha destaque em qualquer produção audiovisual, e consequentemente, deve ter destaque no seu vídeo. Muitas vezes a trilha fica na lembrança por muito tempo e, ao ouvir novamente aqueles acordes, qualquer um lembra-se do filme ou programa.

Como separar o drama de Jack e Rose da música que embalou as aventuras no Titanic? E quem não espera pela aparição de Darth Vader ao ouvir as primeiras notas da Marcha Imperial, magistralmente criada por John Williams? Várias músicas desconhecidas caíram no gosto popular ao fazer parte de uma trilha sonora de novela ou filme.

Este envolvimento tem uma explicação científica: a música mexe com nossas emoções, pois as notas musicais despertam o lado do nosso cérebro que mexe com sentimentos, atenção e foco.

Uma música mal posicionada pode causar uma ótima ou péssima impressão para seu vídeo.

Confira abaixo os tópicos que vamos abordar nesse texto:

Queremos apresentar a partir desses tópicos o que deve ser levado em consideração na hora de criar a trilha sonora ideal para seu vídeo, para que ela se torne um elemento que ajude no sucesso de sua produção.

Prepare o papel e a caneta e boa leitura!

Defina qual o clima que deve ser passado pela música

A música atinge diretamente o lado cerebral que processa as emoções. Desta forma, diretor e o roteirista devem definir qual a emoção que desejam passar com a cena em questão.

Com esta ideia desenvolvida, é possível escolher a música que cria o clima de acordo com o que foi escrito no roteiro. O editor do produto também deve ser envolvido nessa escolha para indicar os melhores momentos para inserir a música.

Para dar um clima de relaxamento, música com um ritmo mais calmo, que remeta aos sons da natureza como águas tranquilas, brisa batendo nas folhas. Caso o clima desejado seja de mistério, uma ideia é usar sons mais agudos, ventos mais fortes, portas batendo ou pisos rangendo. Sons de baterias ritmadas, carnaval, com ritmos em crescimento são boas opções para transmitir sensações de ação e aventura.  

Música como aliada na velocidade da trama

Além do clima, a música ajuda a dar o ritmo de seu vídeo. Assim, faça escolhas que sejam fieis a velocidade que você quer que seu produto tenha. A boa edição da trilha sonora consegue prender o espectador ao longo do filme, fazendo com que ele embarque na sua história.

Existe ainda a possibilidade de usar temas musicais que poderiam ser diferentes do clima, como uma música calma em uma cena violenta, mas que desta forma acaba prendendo a atenção do público.

Entenda qual o perfil do seu público

A trilha sonora de seu vídeo não pode ser escolhida somente para agradar o gosto do diretor ou produtor do filme. Os autores da obra devem entender qual o perfil do público com quem desejam interagir, e qual o estilo de música que melhor comunica com eles.

Pesquise os estilos musicais que estão fazendo sucesso, mas que não tirem as características de sua obra.

Não esqueça também de pesquisar nos aplicativos de música, que costumam apresentar listas de mais tocados ou mais baixados, para dar uma ideia, pois não recomendamos utilizar os hits do momento na trilha sonora sem propósito.

Se possível, busque ajuda profissional

Produtores musicais e compositores podem ser grandes aliados na hora de escolher a melhor trilha sonora para seu vídeo. Estes profissionais da música devem entender a mensagem que você deseja passar com a história de seu vídeo e planejar qual o estilo de música é o mais sugerido para realizar este casamento.

Se conseguir um compositor ou músico disposto a criar do zero sua trilha sonora, você conseguirá ter uma trilha mais original e com um diálogo melhor com as ideias do seu filme. Pense em incluir este custo no seu orçamento, pode ser interessante.

Cuidado com os hits do momento

Usar uma música conhecida e de sucesso no momento pode ser visto como uma forma mais fácil de conectar com sua plateia quando assistirem seu vídeo. No entanto, esta saída pode ser perigosa e prejudicar a difusão de seu filme.

Primeiro, o hit, por ser muito conhecido, pode desviar a atenção da audiência para si mesmo, afastando da mensagem que o autor gostaria de passar.

Outro problema com os hits é datar o vídeo. Como a cada hora um novo hit ganha o gosto do público, seu vídeo pode ser esquecido no próximo verão ou mesmo no mês seguinte, por estar muito associado a uma música de sucesso.

Mas a maior preocupação deve ser o direito autoral da obra. Por serem muito conhecidas, plataformas como o YouTube rapidamente retiram de seus arquivos obras que utilizam músicas conhecidas, pela falta de autorização de uso.

Não desrespeite os direitos autorais das obras

Não é porque a música escolhida para sua trilha sonora casa perfeitamente com sua história e imagens captadas, que você pode usar livremente aquela música.

Pesquise junto aos órgãos de regulamentação de uso de som e imagem (como o ECAD) se aquelas músicas já estão em domínio público ou se é necessário pedir autorização para autores ou seus herdeiros.

Um uso incorreto de uma música em sua trilha sonora pode prejudicar a carreira de seu filme, incluindo a proibição de sua exibição.

Bancos gratuitos e pagos de trilhas podem ser a solução

Para evitar problemas com os direitos autorais de sua trilha sonora, caso você não consiga um compositor para fazer uma obra inédita, você pode comprar músicas em bancos de arquivos disponíveis na internet.

Há também a possibilidade de utilizar material colocado em bancos de arquivos gratuitos, o que reduz muito os gastos no seu orçamento.

O Youtube possui seu próprio banco de áudio gratuito que indica obras que podem ser utilizadas livremente, separadas por gênero, clima que inspira e instrumentos utilizados.

Este banco também possui uma boa biblioteca de efeitos sonoros para usar no vídeo. São mais de 150 arquivos que podem ser utilizados livremente. Esta biblioteca fica no menu lateral do gerenciador de vídeos e permite que o usuário ouça a trilha antes de baixar, para ver se esta se adequa ao material filmado.

Outros programas com arquivos gratuitos são Free Music Archive, Bensound ou Open Music Archive.

Cuidado com a qualidade e o volume do áudio

Para que a trilha sonora de seu vídeo cause a emoção desejada, é preciso ter cuidado na hora de captar e editar o som. Não utilize músicas com baixa qualidade de som ou gravações mal feitas, pois podem atrapalhar o entendimento do clima que você quer passar ao colocar esta música, dando uma impressão de produto mal realizado.

Acredite: filmes ruins são muito mais comentados dos que os filmes bons!

Além da qualidade do material, é preciso ter atenção ao volume da trilha sonora adicionada ao vídeo, também para que o clima que foi idealizado com a inclusão daquela música seja mantido.

Um volume mal regulado pode levar a não entender outros sons ou diálogos importantes para a cena ou não ouvir a música escolhida pelo diretor, editor ou mesmo produtor musical da obra. O volume muito alto incomoda o público e deve ser evitado, a não ser que este seja o objetivo do diretor.

Como editar o trabalho com qualidade

Todo áudio diferente do som captado no momento da gravação é incluído na pós produção. Este processo deve ser muito bem executado para garantir a qualidade de seu produto final. É neste momento que a trilha sonora é incluída.

Atualmente, este passo da produção pode ser feito em diversas plataformas, no computador ou até mesmo em seu smartphone. Basta escolher o programa ideal para finalizar seu filme. Muitos deles são gratuitos ou possuem baixo custo para utilização.

Para quem prefere utilizar seu computador para finalizar o vídeo, os programas mais utilizados são o Windows Movie Maker e o iMovie, para quem utiliza os computadores da Mac. Os dois programas são simples de utilizar, facilitando a inclusão de músicas e efeitos nos vídeos.

Atualmente já é possível finalizar os vídeos no mesmo smartphone que faz a captação do material. Programas como o Viva Video e o Video Show, que rodam nos dois principais sistemas operacionais de telefonia móvel – iOs e Android – permitem incluir áudio e editar as imagens de forma rápida e segura no celular.  

E se meu video for uma produção institucional?

Produtos institucionais têm como objetivo apresentar uma empresa, seus produtos e serviços, para públicos internos ou externos. Mas não necessariamente precisam ser sérios e caretas. Com criatividade, é possível criar um vídeo para uma empresa ou instituição séria com criatividade sem cair na mesmice.

Consulte gestores e até mesmo funcionários mais antigos para saber qual a imagem percebida pelo público a ser atingido. Eles podem indicar se existe alguma canção ou som que remeta à memória da companhia, criando uma maior empatia com a audiência.

Dependendo da proposta do vídeo, mesmo músicas neutras podem ser utilizadas, só para criar uma ambientação para o vídeo, fazendo um acompanhamento para o texto dito pelo personagem.

Agora que você já sabe mais algumas orientações de como escolher a trilha sonora ideal para seu vídeo, esperamos que você tenha sucesso na produção de sua obra audiovisual.

Aproveite e veja também como monetizar sua produção audiovisual no Youtube e assim aumentar seus ganhos com o material produzido.


Assine nossa newsletter e o blog para mais informações sobre gestão e empreendedorismo!

Coloque o seu email aqui para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Árvore de decisão: o que é e como utilizar em sua empresa
O que é liderança tóxica e como se defender desse tipo de líder?

Deixe uma resposta

Seu e-mail está seguro. Vamos enviar apenas dicas relevantes para o seu EAD.