TUDO SOBRE EAD

Coloque o seu email aqui para receber gratuitamente as atualizações do blog!

7 dicas para engajar e motivar um aluno EAD


7 DICAS PARA ENGAJAR E MOTIVAR UM ALUNO EAD

Motivação e engajamento devem ser palavras-chave para um aluno EAD.

No entanto, para que isso ocorra de fato, é importante saber que oferecer conteúdo de qualidade não é suficiente se os seus alunos estão desmotivados a aprender, assim como é necessário que os tutores façam parte de todo o processo.

O aluno EAD deve estar sempre envolvido no processo de aprendizagem, resolução de dúvidas e compartilhamento de informações, através de fóruns, por exemplo. Desta maneira, o interesse pelo curso cresce e as chances de conclusão aumentam ainda mais, também influenciando pessoas próximas a seguirem o mesmo caminho.

O cérebro humano ama novidades e às vezes uma nova configuração ou até mesmo uma atualização de alguma ferramenta de um curso online pode ser o que o aluno EAD precisa para continuar motivado para aprender.

Até mesmo os tutores com maior sabedoria às vezes não possui habilidades suficientes para empenhar um aluno EAD.

Coloque o seu email aqui para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Pensando nisso, escrevi este artigo para lhe ajudar a engajar e motivar seu aluno EAD através de algumas dicas práticas.

1- Ofereça experiências interativas

Nem todo aluno EAD interage com as atividades propostas da mesma maneira, por isto, é fundamental inseri-los em grupos de trabalho, pois isso irá estimular o contato com outras pessoas, permanecendo mais engajado em todo o processo de aprendizagem.

A interação social em cursos online os anima sobre as coisas que acontecem na sala de aula virtual, e isto acaba gerando uma motivação extra em alcançar os objetivos do curso online.

2- Competitividade

Você sabia que a competição encontrada na sala de aula virtual pode ser um fator positivo? Em alguns casos, alunos participam mais de atividades do curso para poderem se destacar dos demais.

O papel do professor EAD é fazer com que este tipo de “concorrência” esteja presente sempre de forma amigável, usando elementos de jogos em grupos relacionados ao conteúdo estudado, ou até mesmo criar oportunidades para o aluno EAD mostrar o seu conhecimento dentro de fóruns de discussão ou chats.

3- Professor motivado

Os professores também devem estar engajados ao processo de motivação do aluno, utilizando relatórios de acompanhamento, tutoria motivacional, criação de campanhas de adesão, etc. Sem o acompanhamento deste, não é possível checar o sucesso do aluno EAD, e quais melhorias podem ser feitas.

Uma das outras formas de manter o aluno EAD motivado e engajado é compartilhar o próprio entusiasmo de estar naquele ambiente virtual de ensino.

4- Conheça o aluno EAD

Conhecer seus alunos vai muito além de apenas saber o nome deles, pois eles precisam saber que o seu professor se preocupa com o seu sucesso. Quando os alunos sentem-se reconhecidos, naturalmente se empenham mais.

Interaja com seus alunos, esteja sempre próximo e acessível.

5- Dê liberdade

Permita que o aluno EAD possa escolher um tipo de atividade que ele deseja realizar, pois isso pode trazer uma sensação de importância e irá motivá-lo a fazer mais e melhor.

Dar autonomia aos alunos eleva não apenas o nível de participação, como aprimora a capacidade de aprendizado. Quando o aluno pode compartilhar o que lhe interessa, ele valoriza mais o conteúdo que tem à sua disposição.

Aproveite para perguntar também quais são os seus objetivos e o que querem ou precisam aprender mais.

6- Proponha metas

Normalmente o aluno EAD gosta de sentir-se desafiado, ainda mais quando se alcança um objetivo dado em algum desafio.

7- Passe responsabilidade

Uma ótima maneira de engajar um aluno EAD é passar responsabilidade. A maioria dos alunos percebe que as atividades e responsabilidades de estudar via EAD como uma grande oportunidade de desenvolvimento, e não como um “peso”

Conclusão

Depois que todos estas etapas forem desenvolvidas, é preciso pensar na criação e design do conteúdo. Uma sugestão é analisar e mensurar os comentários dos alunos, além de seus rendimentos nas atividades propostas, tornando possível a solução de problemas de forma mais rápida, garantindo assim a permanência e o engajamento dos alunos.

As tecnologias continuarão a avançar e a apresentar novas tendências da educação a distância a todo tempo. Estas tecnologias possibilitam a troca de informações em tempo real entre professores e alunos, abrindo espaço para construção de ideias. Você deve desenvolver estratégias para conectar seu aluno EAD à estas inovações e também à proposta do curso.

Neste contexto, a comunicação pode, criar oportunidades para o diálogo e a interatividade. A auto-aprendizagem e avaliação podem ser desenvolvidas individualmente ou em grupo, em que o professor pode interagir com cada aluno EAD, possibilitando assim que o conhecimento seja construído de forma mais participativa e autônoma.

A proposta da EAD é a de somar esforços e compartilhar no sentido de lidar com essa nova modalidade de ensino, enquanto instrumento de acessibilidade para aproximar as pessoas da educação a distância.

Visto isso, a motivação e o engajamento devem estar presentes em todos os momentos do processo de ensino/aprendizagem, tornando-se elementos indispensáveis para que o aluno EAD continue em busca da construção de seu conhecimento

Espero ter contribuído para a construção de motivação e engajamento do seu aluno EAD. Se houver alguma dúvida ou sugestão sobre o assunto, não deixe de entrar em contato conosco ou compartilhe seu comentário!

Teste gratuitamente o Edools por 15 dias.

Até a próxima!

Vantagens entre o e-learning e educação presencial
Customer Success em um negócio EAD: Guia completo

Conteúdo VIP

Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Sobre Rafaela Espíndola

Graduanda em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda. Faz parte do time de Marketing e Comunicação do Edools. É apaixonada por criação e inovação. Não consegue esconder que é canceriana dos pés à cabeça.
Ver todos os posts de Rafaela Espíndola

Comentários (2)


  1. 20/10/2016 às 08:52

    Muito bom o artigo!

Deixe uma resposta