Loucos por TecnologiaUm blog sobre tecnologia, inovação e marketing para ensino online.

Desenvolvido para impactar
e otimizar resultados.

Acompanhe e faça parte!

Seu e-mail está seguro. Vamos enviar apenas dicas relevantes para o seu EAD.

Como criar um canal no YouTube [+DICAS]

Criar um canal no YouTube pode ser uma ótima forma de divulgar o seu trabalho ou a sua empresa. Além disso, essa é uma rede social promissora para quem deseja começar uma carreira como influenciador digital. Se você ainda não sabe como criar um canal no YouTube e nem por qual motivo deveria investir nessa […]

Criar um canal no YouTube pode ser uma ótima forma de divulgar o seu trabalho ou a sua empresa. Além disso, essa é uma rede social promissora para quem deseja começar uma carreira como influenciador digital.

Se você ainda não sabe como criar um canal no YouTube e nem por qual motivo deveria investir nessa plataforma, este texto é para você!

Por que criar um canal no Youtube

O YouTube é a principal plataforma de compartilhamento de vídeos do mundo, além de ser a segunda maior ferramenta de busca da internet. Somente por esses dois motivos criar um canal já parece ser um bom negócio, não é mesmo? Mas as vantagens não param por aí. 

  • O YouTube conta com mais de 2 bilhões de usuários mensais ativos, o que torna sua possibilidade de alcance gigante.
  • Você pode publicar vídeos na plataforma e incorporá-los nas postagens do seu blog, em páginas do seu site, etc.
  • É uma ótima oportunidade para as pessoas conhecerem seu produto/serviço. Por isso, você pode separar uma parte do vídeo para divulgar seu curso, livro, etc. Mas lembre-se de não fazer propaganda o tempo inteiro, isso pode fazer com que as pessoas abandonem seu vídeo.
  • Você pode ser reconhecido como autoridade no seu nicho. Se você falar sobre o que souber de forma completa e segura, as pessoas passarão a procurar o seu canal sempre que precisarem. Essa é uma forma de criar uma comunidade que pode trazer bons frutos – sejam em forma de vendas, conquista de novos clientes ou publicidades e parcerias com marcas.
  • É possível monetizar seus vídeos. Além de todas as vantagens que a produção de conteúdo pode trazer para você e seu negócio, também é possível receber dinheiro da plataforma. A monetização no YouTube é baseada no chamado YouTube Partner Program, que permite o cadastro gratuito de produtores de conteúdo que já possuem uma conta na plataforma. Mas, para isso, é preciso ter mais de 1000 inscritos e o mínimo de quatro mil horas de exibição nos últimos 12 meses.

Mas as vantagens não param por aí! O YouTube é uma plataforma que traz inúmeras possibilidades, tanto que existem diversos profissionais que chegaram ao sucesso profissional, conquistando verdadeiros impérios por meio da plataforma. Basta ter persistência e se dedicar na produção de conteúdos para a plataforma.

 

Como criar um canal no YouTube 

A verdade é que você não precisa realmente criar um canal no YouTube. Somente tendo uma conta no Gmail, automaticamente o seu canal já vai ser criado e você já poderá começar a curtir e comentar vídeos, se inscrever em outros canais e enviar seus próprios vídeos.

Após acessar o YouTube, clique em cima da letra do seu nome, no canto superior direito. Você verá a opção “O seu canal”.

Após clicar, você será direcionado para o seu canal, onde aparecerão os canais nos quais você é inscrito (se já for inscrito em algum), vídeos enviados (quando houver), listas de reprodução, entre outras informações.

Nesse momento, você deve clicar em “Personalizar Canal”, para ele começar a tomar forma e ficar com a sua cara.

Você pode inserir informações básicas, como alterar o nome do canal, inserir uma foto de perfil, uma foto de capa, marca d’água, adicionar um trailer do canal para pessoas que ainda não se inscreveram e um vídeo de destaque para subscritores recorrentes.

No menu esquerdo estarão informações sobre seus vídeos (quando você começar a publicá-los), como estatísticas, comentários, legendas, rentabilização, etc.

Seja um canal pessoal ou empresarial, a dica é ajustar o layout e as informações básicas antes de começar a enviar vídeos, para que as pessoas identifiquem quem está por trás do vídeo desde o primeiro momento.

 

Quanto custa criar um canal no YouTube

Pode comemorar: criar um canal no YouTube é totalmente gratuito. Como já citado, basta ter uma conta no Gmail para que o seu espaço na rede social seja garantido.

A verdade é que o YouTube é uma das poucas redes sociais que remuneram os criadores de conteúdo, basta estar dentro dos critérios citados anteriormente. 

É claro que você ou sua empresa terão um investimento na criação de conteúdo (seja de dinheiro ou de tempo), mas os retornos posteriores podem ser muito maiores.

 

Dicas para ter sucesso no YouTube

1. Segmente seu público

Sabemos que você deseja atingir o maior número de pessoas possível. Porém, é mais fácil ser bem-sucedido trabalhando com públicos mais segmentados. 

Além de segmentar o público, defina o tipo de abordagem que você terá em seu canal. Será algo mais divertido? Ou mais sério e direto ao ponto?

Analise o que outros canais do segmento escolhido estão fazendo e defina por qual caminho deseja seguir.

falar com um consultor

 

2. Seja autêntico

O YouTube já tem bilhões de usuários. Para se destacar, você e sua empresa precisam ser diferentes e oferecer algo que ninguém mais faz. 

Tente pensar em um Youtuber que você conhece. Se você analisar os vídeos que ele produz, provavelmente encontrará algo diferente de todos os outros canais. É isso o que o torna autêntico e contribuiu para que ele conquistasse inscritos.

3. Tenha uma periodicidade

Você não precisa ser rigoroso querendo publicar um vídeo por dia. Seja realista: descubra qual periodicidade realmente se encaixa à sua rotina e comece a planejar a produção e publicação dos vídeos com base nisso

 

4. Produza o melhor conteúdo que você puder

Para produzir um vídeo existem quatro etapas básicas:

  1. escolha do tema;
  2. escrita do roteiro (e toda a pesquisa que demandar);
  3. gravação;
  4. edição.

Todas elas são importantes e merecem sua atenção e dedicação.

Um vídeo bem gravado, mas com uma edição ruim, certamente não trará bons resultados.

O mesmo acontece se você foi “fera” na edição, mas criou um roteiro sem nexo e misturar vários assuntos sem seguir uma narrativa.

Calma: nada precisa ser perfeito, afinal, “feito é melhor do que perfeito”, mas tente fazer o melhor que você puder com os recursos que você tem.

Aos poucos, você vai perceber uma melhora significativa.

 

5. Aposte em SEO

As boas práticas de SEO para YouTube são fundamentais. 

Como já citado, o YouTube é o segundo maior buscador do mundo, ficando atrás apenas do Google.

Isso significa que a plataforma tem seu próprio sistema de classificação e ranqueamento, que funciona através de algoritmos.

Os critérios que o YouTube leva em consideração na hora de ranquear um vídeo são:

  • informações no título;
  • palavras-chave no título e descrição;
  • tags;
  • duração dos vídeos;
  • número de plays;
  • tempo de permanência da audiência dentro do vídeo;
  • likes e deslikes.

Por isso, estude sobre SEO para YouTube e coloque em prática!

 

6. Use as outras redes sociais ao seu favor

As outras redes sociais são suas maiores parceiras na divulgação dos seus vídeos publicados. Isso porque, inicialmente, você não terá muitos inscritos e, consequentemente, terá poucas visualizações. 

Por isso, planeje uma série de postagens nas redes sociais que façam sentido para o segmento do seu canal e comece a divulgá-los. 

E aí, gostou das dicas? Ter um canal no YouTube bem estruturado é uma ótima plataforma para ajudar a popularizar seu curso online ou produto digital.

Aproveite para conhecer também a plataforma da HeroSpark. Com ela, você pode dar o próximo passo! Hospede e venda produtos digitais, crie landing pages, páginas de vendas, automatize e-mail marketing e muito mais!

Social Ads: descubra qual é a plataforma de anúncios mais adequada para o seu negócio
21 frases de impacto para empreendedores digitais (ou não)

Deixe uma resposta

Seu e-mail está seguro. Vamos enviar apenas dicas relevantes para o seu EAD.