Um blog sobre planejamento,
gestão e otimização de cursos
e treinamentos online.

Fique por dentro de atualizações e novidades e potencialize seus resultados.

Acompanhe e faça parte!

Seu e-mail está seguro. Vamos enviar apenas dicas relevantes para o seu EAD.

Como saber minha margem de lucro? Contabilidade para infoprodutores

Antes de atuar como infoprodutor, ações como: elaborar um plano de negócios, estudar o mercado e conhecer os principais concorrentes, são passos substanciais para realizar o tão desejado sonho. Tais etapas permitirão que você perceba a viabilidade do negócio, englobando sustentabilidade, durabilidade e lucratividade!  Tríade essencial para crescimento do negócio e permanência no mercado.  Duvida? […]

Antes de atuar como infoprodutor, ações como: elaborar um plano de negócios, estudar o mercado e conhecer os principais concorrentes, são passos substanciais para realizar o tão desejado sonho.

Tais etapas permitirão que você perceba a viabilidade do negócio, englobando sustentabilidade, durabilidade e lucratividade! 

Tríade essencial para crescimento do negócio e permanência no mercado. 

Duvida? Pois é… foi pensando nisso, que elaboramos este artigo para você! 

Aqui, você vai compreender conceitos como: Lucro Bruto e Líquido, Margem de Lucro; e mais: conhecer estratégias para aumentar a rentabilidade do seu negócio virtual!  

Afinal, fazer sua vida empresarial prosperar é nossa missão! Nossos heróis estão prontos para isso! Vamos nessa? 

 

Como saber minha margem de lucro?

Conduzir uma empresa, seja ela física ou virtual, é uma missão árdua, tem que ter sangue nos olhos!   

Sabemos que gerir estratégias, para conquistar mais clientes e aumentar as vendas, é uma tarefa corriqueira na vida do empreendedor digital. 

Mas, para tornar a sua empresa rentável não basta os pontos acima! 

Por exemplo, ao realizar um curso online ou editar um e-book, você tem ideia de quanto será a margem de lucro? E quanto aos custos fixo/variável? E os impostos?

Viu aí? Sacou como é importante entender a saúde financeira do seu negócio?     

Calma, não se preocupe, sabendo como esse assunto é importante, seguiremos por partes. 

Antes de explicar como obter a margem de lucro, que tal um pouco de Lucro Bruto e o Lucro Líquido?

Confere com a gente!  

 

Qual a diferença do Lucro Bruto e Lucro Líquido? 

Ambos são relevantes para sua empresa, pois permitem uma visão ampla da situação financeira.

Lucro Bruto é a diferença do faturamento obtido pelas vendas do produto/serviço, menos os custos necessários para concepção do mesmo. 

Fórmula? 

Lucro Bruto = total de receitas – total de custos variáveis

E o Lucro Líquido como é calculado? 

Após descontado todos os custos e despesas (incluindo a manutenção da empresa), contas fixas e as tão temidas despesas com impostos (tributos, taxas); obtém-se o Lucro Líquido! 

Lucro Líquido = receita total – total de custos e despesas

O lucro líquido permite que você tenha uma percepção de como tornar seu negócio mais rentável e sustentável. 

Pronto! Conceitos compreendidos, vamos à Margem de Lucro! 

Como calcular minha margem de lucro? 

A margem de lucro ou índice de lucratividade é uma métrica que vai muito mais além do que o simples cálculo da diferença de receita e despesas! 

Com o resultado você vai perceber a eficiência operacional do produto/serviço, vai enxergar quanto a sua empresa pode gerar sobre cada produção.

Ou seja, a margem de lucro vai indicar se as estratégias utilizadas estão sendo desenvolvidas e conduzidas de forma assertiva. 

Veja aqui a fórmula e a sua aplicação em um exemplo prático:

Vamos supor que você produziu um novo produto digital: Curso de Gastronomia – e agora deseja saber qual a margem de lucro dele.

Lucros brutos e líquidos calculados, agora é hora de verificar a margem de lucro ou índice de lucratividade:

Margem de Lucro = (Lucro Líquido / Receita) x 100

Supondo que a Receita Total foi: R$ 60 mil e o Custo Total: R$ 30 mil

Lucro Líquido = 60.000,00 – 30.000,00 = 30.000,00

Logo: 

falar com um consultor

Margem de Lucro = (30.000,00 / 60.000,00) x 100 = 0,50 x 100 = 50%

Mas, se após o resultado do índice de lucratividade, sobre outros produtos/serviços, você verificou a necessidade tornar sua empresa ainda mais rentável, é chegada a hora de pensar em outras possibilidades! 

Então continue aqui com a gente, e leia o próximo passo! 

Como tornar sua empresa ainda mais rentável? Contrate um contador!   

 

Pessoa Física ou Pessoa Jurídica?

Se você, ao analisar ambas as possibilidades, ainda continua com dúvidas, não hesite em contratar uma empresa de contabilidade.

Além de te auxiliar nas escolhas mais assertivas, vai nortear a saúde financeira da sua empresa. 

Vamos às possibilidades! 

Caso você opte por Pessoa Física, veja aqui as regras:

  • Isento até R$ 1.903,99; 
  • valores acima, contribuição para o IRPF – Imposto de Renda Pessoa Física
  • as alíquotas variam de 7,50% à 27,5% dos seus rendimentos; 
  • contribuir com alíquota de 20% para o INSS e 5% para o ISS.

Hmmmm… condições desfavoráveis para um negócio próspero, não é mesmo?  

Já para opção de Pessoa Jurídica… 

…contar com o auxílio de uma empresa de contabilidade é bem interessante! 

Sabe por quê? 

Porque, logo de cara, na abertura da empresa, você terá que saber qual o CNAE permitido para o tipo de atividade da sua empresa. 

Os mais utilizados para infoprodutores são:  

  • 4761-0/01 – comércio varejista de livros virtuais (e-books);
  • 8599-6/04 – curso de treinamento profissional, gerencial com acesso à internet/ curso de aprendizagem e treinamento gerencial, presencial e à distância.

Próximo passo? A escolha do Regime Tributário

É nessa hora que você precisa compreender, de fato, qual o melhor regime para sua empresa, pois com a possibilidade de pagar menos impostos sua empresa pode se tornar mais rentável.

São três tipos, confere aqui:

Simples Nacional

Se você é Microempreendedor ou tem uma Empresa de Pequeno Porte (EPP), pode optar por ele! 

08 impostos em um só documento:  IRPJ, CSLL, PIS/PASEP, Cofins, IPI, ICMS, ISS e CPP.

Alíquota inicial de 6%, para faturamento até R$180 mil/ano.

Lucro Presumido

A empresa realiza a apuração simplificada do IRPJ e da CSLL. Faturamento abaixo de R$78 milhões/ano. 

Verifique os impostos, a apuração e o percentual estabelecidos. 

Trimestrais= IRPJ: 15% e CSLL: 9%

Mensais = PIS: 0,65% COFINS: 3% e ISS: 2% a 5% (depende do município que sua empresa tem sede).

Lucro Real

Apesar de ser um dos mais tradicionais é o mais complexo! Torna-se obrigatório  para empresas que têm faturamento superior a R$78 milhões no período da apuração. 

Ops! Mas, peraí! Para os infoprodutores as possibilidades não terminam aqui! Sabia que as regras de tributação diferem para alguns produtos ou serviços? 

Olha aí! Percebeu como é importante conhecer os impostos detalhadamente? 

E, nessa hora  o conhecimento e perspicácia do contador contam muito! 

Por exemplo: ao lançar um e-book, há isenção?

Sim, é possível, mas algumas regras são exigidas: 

  1. Ter o CNAE 4761-0/01;
  2. Ter registro do livro na Biblioteca Nacional – seguindo a estrutura de um autor de livro físico;
  3. o produto precisa ser enquadrado como venda de mercadoria.

Assim, é possível tornar sua empresa mais rentável, sim! 

Porém, todo cuidado é pouco. Pois, qualquer equívoco na hora da tributação, a multa é alta; e você não vai querer conviver com esse pesadelo, não é mesmo?

Então aqui, vai um conselho: facilite sua vida de empreendedor, contrate um contador.

A contabilidade digital é capaz de provar a você que a burocracia usada com inteligência, eficácia e conhecimento, podem tornar os caminhos mais curtos, menos árduos e mais rentáveis para sua empresa! 

Com esse novo parceiro: ter a margem de lucro desejável, pagar menos tributos, investir na hora certa, precificar com determinação e embasamento; são ações no seu dia a dia que farão a diferença!  

Tenha um parceiro tecnológico e inovador como você! Aposte nisso e seja feliz!  

Pagar.me, RD Station e Novas Permissões - Edools 3.1 chegou

Deixe uma resposta

Seu e-mail está seguro. Vamos enviar apenas dicas relevantes para o seu EAD.