TUDO SOBRE EAD

Coloque o seu email aqui para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Produção de conteúdo EAD: planejamento para cursos online


Produção de conteúdo EAD: planejamento para cursos online

Como se planejar para a produção de conteúdo EAD?

A etapa de planejamento da produção de conteúdo EAD é considerada uma das mais importantes para o sucesso de instituições de ensino online. Muitas pessoas, nesse contexto, possuem diversas dúvidas sobre como fazer a produção de conteúdo EAD em si, mas se esquecem da etapa de planejamento e por isso acabam encontrando diversos tipos de problemas no futuro.

Pensando nisso, para ajudar você nessa questão e evitar que você tenha problemas no futuro com relação a este assunto, produzi esse artigo como forma de tirar todas as suas dúvidas sobre como se planejar para fazer a produção de conteúdo EAD de sucesso e oferecer seus materiais da forma mais eficiente possível para os seus alunos.

Aqui, irei falar um pouco mais sobre dicas de como você pode começar o planejamento do seu conteúdo EAD, além de que forma estruturar os conteúdos a serem desenvolvidos de maneira a facilitar o processo de produção de conteúdo EAD.

Logo, é muito importante que antes de começar a planejar as suas aulas, o primeiro passo é descobrir para quem você está produzindo determinado conteúdo. Isso é essencial e fará toda a diferença quando você começar a produzir de fato os seus conteúdos para cursos online.

Nesse sentido, podemos dizer que uma das etapas principais de qualquer plano de negócios de qualquer empresa diz respeito ao processo de segmentação de mercado, inclusive para instituições de ensino EAD.

Segmentação de mercado, nesse sentido, objetiva selecionar um grupo específico de consumidores que, de alguma maneira, possuam características semelhantes e desenvolver, de forma customizada, uma estratégia focada neste grupo.

Logo, para que você consiga traçar um perfil do grupo de alunos que você deseja atingir através da produção de conteúdo EAD, é considerado de suma importância que você se faça alguns questionamentos básicos que ajudarão você a delimitar da forma mais correta possível o perfil de aluno do seu curso online.

Alguns exemplos de questionamentos podem ser: Quem é o seu cliente? Quais as suas necessidades? Quais as suas preferências? O que ele espera do seu curso online? Como ele imagina que seja o conteúdo EAD oferecido por você?

Com essas informações estruturadas, será muito mais fácil você delimitar qual nicho de alunos em potencial terá maior propensão a aceitar os conteúdos EAD oferecidos por você. Você também pode usar esses dados coletados para ajudar você no planejamento de produção de conteúdo EAD, visto que você saberá o perfil do seu público-alvo e poderá estruturar o conteúdo para atender da melhor maneira possível essa demanda a partir de materiais e conteúdos do seu interesse.

Deste modo, é de extrema importância citar aqui que definir de forma correta o seu aluno em potencial, o seu público-alvo, deve ser um fator crucial no planejamento da produção de conteúdo EAD para cursos online, mas que pode ser reformulado com o passar do tempo e da evolução nas preferências dessas pessoas.

Confira a seguir algumas dicas sobre como fazer o planejamento de produção de conteúdo EAD.

Coloque o seu email aqui para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Tenha total conhecimento do assunto do seu curso online

produção de conteúdo EAD

Antes de começar, vale a pena lembrar que um negócio EAD é algo que envolve paixão pelo que você faz. Se o amor pelo seu empreendimento for algo realmente genuíno, a vontade de entregar ao cliente um material de alta qualidade é a sua melhor característica. Esse deve ser o seu maior diferencial.

Pensando desta forma, é muito importante que você tenha um total conhecimento sobre o assunto que você deseja englobar no seu curso online. Isso porque caso você queira entregar um conteúdo de qualidade aos seus alunos e que atenda às suas necessidades você só irá conseguir caso tenha total domínio sobre o tema a ser tratado.

Com um conhecimento amplo e denso sobre determinado assunto, é possível oferecer as melhores soluções ao seu aluno em potencial em termos de conteúdo EAD que o satisfará em todos os sentidos de aprendizagem.

Dê atenção ao que o seu aluno tem a dizer

Produção de conteúdo EAD para alunos

Um fator crucial para o sucesso do planejamento de produção de conteúdo EAD, além da necessidade de segmentação de mercado que citei anteriormente, diz respeito importância de você enquanto instituição de ensino online ouvir o seu aluno. Sim, isso é muito importante e vou te explicar o porquê.

Se você deseja se manter no mercado e ter sucesso nos seus cursos online você precisa sempre que necessário atualizar os conteúdos oferecidos. Logo, ouvir seus alunos nesse sentido é fundamental para que essa produção de conteúdo EAD seja feita de forma correta,com foco no que o seu aluno em potencial realmente deseja absorver em termos de aprendizagem.

Além disso, você precisa entender o que os seus alunos acham de suas videoaulas e buscar críticas e opiniões para que você atue diretamente em possíveis erros ou ajustes para deixar a produção de conteúdo EAD cada vez mais refinada e relevante ao seu público-alvo.

Começar a produção de conteúdo EAD sem saber o que os seus alunos estão pensando é algo com um potencial muito grande de dar errado. Logo, mantenha e amplie sempre o canal de comunicação com os seus alunos e alunos em potencial para evitar problemas futuros nesse sentido.

Aprimore seus canais de comunicação

produção de conteúdo EAD canais

Depois dos itens anteriores, naturalmente, é hora de pensar em como se comunicar com seus usuários. Pensar em canais de comunicação entre os instrutores e os alunos é essencial para acompanhar o rendimento do público, coletar informações sobre melhorias que podem ser feitas, além de medir o desempenho do próprio instrutor.

Claro que sabemos que manter constantemente um relacionamento ativo é complicado (uma tarefa que demanda tempo e disponibilidade), mas somente dessa maneira tornaremos o processo prático, fácil e ainda automatizado para ambos os lados.

Confira a seguir quais são os recursos que podem ser utilizados para uma comunicação efetiva:

Avaliação e comentários

O feedback dos alunos fornece vários dados legais. Primeiro, porque aponta onde você está acertando e onde você está errando. Depois, porque funciona como uma ótima ferramenta para marketing e promoção do curso. Hoje em dia, a avaliação de outros usuários funciona como uma ótima forma de atrair novas vendas.

Perguntas e respostas

Seguindo a mesma linha do item anterior, um ping-pong com os alunos amplia o espaço para que ele expresse suas dúvidas e ainda elabore uma resposta. Abrir esse canal de comunicação com seu usuário possibilita que os instrutores possam responder de forma direta e organizada.

Nesse sentido, também é possível oferecer uma maneira de o educador avaliar o desenvolvimento do curso junto ao aluno. Assim, um espaço de perguntas e respostas oferece uma visão mais ampla dos caminhos que podem ser explorados junto ao público.

Links e downloads

Naturalmente, se o seu aluno está realmente interessado, ele buscará mais informações que aprofundem seu conhecimento sobre os assuntos discutidos. Por isso, é muito bacana que você tenha na manga alguns links, materiais para download, vídeos, e-books e sites que possam ajudar o aluno.

Essa troca é de suma importância para o desenvolvimento do curso.

Análise dos concorrentes

Assim como tudo o que temos hoje no mundo em termos de tecnologia está evoluindo de forma extremamente acelerada, a tecnologia na educação também está cada vez mais desenvolvida. O bom desse processo de crescente de evolução de plataformas LMS é que o aluno é o principal afetado positivamente, visto que o mesmo dispõe cada vez mais de novas ferramentas de aprendizagem.

Nesse sentido, cabe a você, empreendedor de instituições de ensino online, buscar essas novas abordagens tecnológicas e disponibilizá-las para seus usuários, principalmente se seus concorrentes já estiveram fazendo isso. Por isso, é fundamental analisar quais estão sendo os passos dos outros EAD. O que eles estão oferecendo como diferencial? Mantenha as suas antenas ligadas!

Invista em novos conteúdos

Como eu disse anteriormente, o sucesso do seu negócio EAD e dos seus cursos online está diretamente ligado à sua capacidade de estar sempre atualizando e renovando esses conteúdos, sempre pensando em oferecer novos conteúdos que de alguma forma possam ser de extremo interesse e relevância por parte do seu público-alvo.

Logo, é muito importante que todos os seus alunos sejam sempre estimulados, inspirados e até mesmo impulsionados a aprender sobre novos assuntos atuais, relevantes e que agregue um maior nível de qualidade ao seu curso online como um todo.

E para produzir tais conteúdos é essencial estar atento às tendências para fornecer materiais criativos e atualizados aos seus alunos.

Outro ponto é não esquecer de investir na produção de conteúdo EAD como material audiovisual. Lembrando que vídeos são peças fundamentais para o sucesso das suas videoaulas. Para produzir vídeos de qualidade, é fundamental contar uma câmera boa, microfone e um bom cenário.

Teste gratuitamente o Edools por 15 dias.

Como estruturar conteúdos antes da produção de conteúdo EAD

Produção de conteúdo EAD planejamento

Depois de um planejamento geral, está na hora de começar a estruturar a organização do curso. Aqui, é legal que pensarmos em um exemplo básico para que você possa compreender melhor o que quero dizer.

Neste caso, imagine que você está planejando uma viagem pela América Latina. Para isso, você já tem algumas definições básicas, como quanto tempo vai ficar viajando, quanto pode gastar, quais cidades vai visitar, onde quer ficar hospedado, etc. Ao responder essas perguntas, você já tem um planejamento mental sobre como será sua viagem.

O mesmo acontece quando estamos planejando um conteúdo ou montando um curso online. Para te ajudar nessa questão, separei a seguir um passo a passo para que você consiga estrutura de uma forma eficiente a produção de conteúdo EAD. Os exemplos aqui citados são fictícios criados com o intuito de ajudar você nesse processo, ok?

1. Nome do seu curso

Aqui, não há grandes mistérios, não é mesmo? O que seu curso vai ensinar? Um título claro e conciso, deixa evidente qual o objetivo do treinamento.

Como começar a ser vegetariano.

2. Descrição

Descrever em poucas linhas qual é o curso, o que ele irá abordar e quais são as justificativas para a sua produção de conteúdo EAD.

O curso pretende ensinar pessoas que querem deixar de comer proteína animal. Ele vai abordar como migrar de uma dieta baseada no consumo de carne para uma em que as fontes de proteínas são vegetais e/ou leite e ovo. O curso pretende mostrar como preparar as dietas, como elaborar as receitas, comprar os ingredientes e quais são as substituições para manter uma dieta saudável.

3. Carga horária

Planeje exatamente quanto tempo o aluno precisará se dedicar aos estudos; é preciso levar em conta o tema do curso, o tempo de cada atividade, além do tempo necessário para o aluno fazer suas anotações e realizar suas pesquisas. Os cursos maiores, mais completos, precisam ser separados por módulos. Os menores podem ser separados apenas por aulas.

3 horas

4. Prazo

Um projeto tem início, meio e fim. Aqui nesse campo, é necessário que você descreva um cronograma macro. Explique o motivo do prazo. Por exemplo, se o curso necessita estar pronto para algum evento ou o lançamento promocional de algum produto. Em nosso exemplo, vamos supor que estamos falando do lançamento de uma proteína de soja de fácil preparação.

Temos que produzir o conteúdo em duas semanas e assim teremos mais duas semanas para a divulgação – o que coincide com o lançamento do novo produto.

5. Investimento

Quanto será investido neste projeto? Qual o capital intelectual? Lembre-se de que cada ferramenta utilizada no curso, como interações, animações, produção de áudio, ilustrações, tradução do material ou mesmo as videoaulas irão encarecer o seu projeto.

Para esse treinamento temos um montante de R$ 23.000,00. A expectativa é que possamos realizar um curso interativo com apresentação do novo produto.

6. Objetivo estratégico

Um ponto essencial é relembrar que no planejamento estratégico da sua organização foram definidos alguns objetivos e que o curso online deve ir ao encontro deles. Mais do que isso, deve impulsioná-los. Somente assim é possível justificar o investimento. Portanto, quais são os benefícios da empresa com este curso?

Aumentar o portfólio de clientes do nosso produto de proteínas de soja em 30%.

7. Definição dos formatos

Manuais e apresentações multimídias. Cursos com ilustrações, imagens, locuções e atividades interativas com exercícios.

Videoaulas, elementos gráficos, infográficos, storytelling. Os formatos que existem para passar informação dentro de um curso online são os mais variados. Os EAD mais poderosos costumam usar muito bem a multimídia e aliá-los a outros métodos. As pessoas são mais visuais e absorvem melhor conteúdos que estimulem esse sentido. Veja alguns dos principais formatos:

Storytelling

Conte uma história que ilustre o que você quer ensinar. Utilize recursos como imagens, áudios e desenhos para contar a história de forma criativa e interessante ao aluno. Uma boa história desperta a atenção do aluno e ajuda a simplificar um conteúdo mais difícil.

Game

Essa é uma estratégia considerada, hoje em dia, como uma ferramenta moderna que oferece engajamento através de diversão. O game recria situações, analogias e situações do dia a dia em um ambiente totalmente virtual que estimula a criatividade além de novas possibilidades e estratégias.

Infográfico

Esse é um recurso que explora intensamente a parte visual e gráfica quando apenas textos não conseguem transmitir totalmente o conteúdo: transmita informações utilizando ilustrações (gráficos) e adicione pequenos textos. Essa estratégia é muito utilizada em manuais técnicos.

Videoaulas

Esse é um recurso altamente didático que utiliza o vídeo como forma de difusão do conteúdo. Falaremos mais sobre esse método nos próximos capítulos.

Apresentações

Slides com ilustrações são eficazes na hora de transmitir as informações de forma mais assertiva.

8. Estrutura do curso

Com tudo isso em mãos, como o conteúdo será organizado? Se o seu projeto envolver mais de uma aula online, aqui deve ser descrita a sua trilha de aprendizagem. O que significa isso? É a estrutura do curso, ou seja, sua divisão em módulos e aulas.

É preciso calcular o tempo de estudo de cada uma das partes, quais são os objetivos específicos de aprendizagem em cada um dos tópicos, que recursos instrucionais são esperados e os formatos de conteúdo ideais, como videoaulas, slides com vídeos, textos, textos com slides ou ainda uma opção multimídia. A estrutura inicial do nosso curso exemplo foi definida assim:

Introdução ao curso

(30: min) Aula 1: (videoaula) Quais são as vantagens de ser vegetariano?

(30: min) Aula 2: (texto com slides) Quais são os principais ingredientes e como utilizá-los?

(1 hora) Aula 3: (videoaula) Como comprar os ingredientes e passo a passo de receitas.

Conclusão do curso

(30 min) Avaliação no formato de banco de questões.

9. Conteúdo complementar

Quais são os conteúdos extracurso para que os alunos se aprofundem mais no assunto?

Guia de substituições alimentícias e como calcular a quantidade ideal de proteína.


Produção de conteúdo EAD

Enfim, espero ter podido te ajudar a melhor planejar sua produção de conteúdo EAD. Caso tenha interesse em conhecer de forma mais profunda esse assunto sobre produção de conteúdo EAD, indico um ebook que foi feito em parceria com a Contentools, ao qual foi inspiração para produção deste artigo: Como produzir conteúdos de sucesso para cursos online.

Tenho certeza que você, após a leitura deste material, terá uma noção bastante interessante sobre como se planejar de forma eficiente para a produção de conteúdo EAD.

O Edools, nesse sentido, estimula sempre a produção de conteúdo EAD cada vez mais relevante para alunos para você enquanto instituição de ensino online ter cada vez mais sucesso em seu negócio como um todo.

Caso tenha interesse, convido você a testar o Edools gratuitamente por 15 dias, sem compromisso, através do link: Testar o Edools grátis!

Se você tiver dúvidas sobre produção de conteúdo EAD ou qualquer outro assunto sobre educação a distância, entre em contato conosco ou ainda compartilhe sua opinião ou sugestão através de um comentário neste artigo.

Espero que tenha gostado de conteúdo.

Até a próxima.

Como fazer produção de conteúdo para cursos online?
Como engajar alunos em cursos online

Conteúdo VIP

Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Sobre Bruno Mendonça

Atualmente é responsável pelo marketing e comunicação do Edools. Já atuou em consultorias de marketing, e-commerce e tem experiência em empresas de educação. É publicitário formado pela ESPM-RJ e possui MBA em Marketing Digital pelo Instituto Infnet.
Ver todos os posts de Bruno Mendonça

Comentários (2)


  1. 21/09/2016 às 10:35

    Gostei muito do artigo. Estou pensando em montar um curso on line, mas não tinha muita clareza por onde começar. Estes informações me ajudaram bastante.

    • Bruno Mendonça
      21/09/2016 às 10:57

      Que bom que o artigo te ajudou, Bruno. Temos muita informação relevante pra você aqui no Blog que pode te ajudar ainda mais. Se tiver mais dúvidas, fique a vontade para falar com a gente. Abraços!

Deixe uma resposta