TUDO SOBRE EAD

Coloque o seu email aqui para receber gratuitamente as atualizações do blog!

O que é e como funciona o blended learning?


O que é e como funciona o blended learning?

A modalidade de aprendizagem híbrida, o blended learning ou b-learning, busca combinar práticas pedagógicas do ensino presencial e do ensino a distância, com o objetivo de melhorar o desempenho dos alunos em ambos os ensinos.

Embora o conceito de “blended learning” seja mais difundido no campo da educação, tanto no âmbito universitário ou fora do dela, é um termo que assumiu diferentes denominações, como “aprendizagem híbrida”. Mas, o seu significado é consensual.

Implementar um modelo híbrido (atividades presenciais e a distância) de educação exige uma estratégia de mudanças onde o primeiro passo é identificar entre os colaboradores aqueles que estão interessados em participar desta mudança.

O ensino híbrido abre espaço para trabalhos em equipe de forma como nunca antes havia sido possível, pois abre espaço dinâmico para o pensamento crítico.

Os alunos passam a dominar os assuntos a partir de aulas online e ao gostarem, se aprofundam mais do conhecimento e levam perguntas com curiosidade para as aulas presenciais.

Diferente do que as pessoas pensam, o blended learning não surgiu há pouco tempo, como meio de tecnologias recentes como os tablets e os smartphones, por exemplo.

O blended learning surge como uma modalidade de aprendizagem que combina aspectos offline e online para obter o melhor resultado possível entre os alunos.

Essa metodologia agrega adequadamente o ensino de tecnologias em uma sala de aula tradicional, não apenas substituindo, mas integrando com o formato tradicional.

Pode ser estruturado com atividades síncronas ou assíncronas, ou seja, em situações onde professor e alunos trabalham juntos num horário pré-definido, ou em horários flexíveis.

Entretanto, o blended learning em geral não é totalmente assíncrono, pois exige uma disponibilidade individualizada para encontros presenciais.

Porém, algumas pessoas ainda não conseguem ver nessas atividades em conjunto um “valor pedagógico”, mas a essência é clara: o blended learning utiliza a tecnologia não apenas para somar, mas também para transformar e melhorar o processo de aprendizagem.

Coloque o seu email aqui para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Antes de darmos início a maiores explicações, vamos entender o que não é blended learning?

Muitos acham que apenas passando um vídeo para os alunos em seus tablets, ou iniciando uma sala de bate papo online já se caracteriza o ensino híbrido. Bom, fique sabendo que isto não é blended learning.

Considerando que o blended learning é um conceito de educação caracterizado pelo uso de soluções mistas, vamos ver agora como esta metodologia pode ser desenvolvida de diferentes maneiras:

Formas síncronas e assíncronas de aprendizagem

O modo síncrono se trata de um formato de entrega, onde todos os participantes estão executando o treinamento ao mesmo tempo. Como exemplo de atividades síncronas podemos citar os webinars, as salas de aula, bate-papos em fóruns de discussões, etc.

A vantagem deste modo é que os estudantes não atuando de forma isolada, podem iniciar uma  discussão em grupo, gerando uma grande troca de informações em tempo real.

Podem ser realizadas em ambiente online ou presencial, mas contam geralmente com a presença de um instrutor/mentor disponível, junto às equipes. São comumente usadas em situações que exigem:

  • Interação face a face;
  • Comentários de um especialista;
  • Construção de cultura;
  • Trabalho em grupo;
  • Solução de problemas;

Já o modo assíncrono é um formato onde cada aluno pode acessar módulos de aprendizagem em seu próprio tempo e velocidade.

A vantagem deste modo, além da flexibilidade para o aluno de estudar em qualquer momento, é que ele tem mais tempo para avaliar o conteúdo que recebeu e pensar em perguntas a serem feitas. Desta maneira, os alunos não se sentem pressionados a fazê-lo naquele dado momento.

Podem ser muito eficazes, em especial, quando:

  • A prática é chave do aprendizado do conteúdo;
  • Os participantes estão dispersos geograficamente;
  • Rápida aquisição de novas habilidades;
  • Máximo de aproveitamento com flexibilidade da agenda
  • O conteúdo e recursos de aprendizagem precisam ser atualizados periodicamente;

Quais as vantagens do blended learning?

  • Maior integração entre os participantes, resultando em troca de experiências.
  • Possibilidade de desenvolver dinâmicas coletivas.
  • Redução de custos com a formação de grupos, permitindo que toda uma turma inicie o curso e termine no mesmo prazo.
  • Melhor capacidade de avaliação dos alunos
  • Possibilidade de realizar trabalhos de campo e visitas técnicas a locais de interesse.
  • Humanização da relação entre a instituição-professor-aluno.
  • Melhores resultados de aprendizagem dentro de prazos estabelecidos, com meios mais diversificados e colaboração entre os alunos mais intensa.

O blended learning realmente funciona?

Nem todos aprendem da mesma maneiras. Existem alunos que são mais visuais e auditivos, e outros mais práticos, que necessitam interagir com a disciplina para conseguir aprender.
Este é o ponto positivo desta metodologia de ensino: transforma um modo de didática muito retórica e de apenas uma via de transmissão (professor-aluno), em um modo realmente muito interativo.

Mas e na prática, como isso realmente funciona?

Segundo uma publicação feita em 2010 pelo Departamento de Educação Americana dos Estados Unidos, mostra que sim, realmente funciona. De acordo com a publicação, alunos expostos a uma metodologia tradicional em conjunto com metodologia digital tinham uma taxa de acertos e sucesso muito maior que alunos que utilizavam apenas um ou outro método de ensino.

Uma solução de aprendizagem combinada pode ser mais eficaz para um número maior de alunos com diferentes níveis de habilidade e capacidades.

Mas como garantir esta experiência de aprendizagem compartilhada?

Otimizando o contato presencial, aplicando a teoria em prática no trabalho, aumentando a capacidade do facilitador/instrutor para dar o exemplo e alavancar o poder das múltiplas atividades.

Uma solução de aprendizagem combinada pode apresentar o melhor dos dois mundos: online e offline que a instituição ou organização pretende desenvolver.

O blended learning no ambiente corporativo

Aproveitando o melhor do offline e do online, o blended learning possibilita a formulação de treinamentos corporativos, trazendo diversos benefícios.

É mais eficaz para alcançar um número maior de alunos e também para aplicar diferentes tipos de treinamentos. Por exemplo, alguns treinamentos funcionam melhor com uma interação física com uma determinada “ferramenta”. Ou seja, é mais eficaz para alcançar um número maior de alunos e também para aplicar diferentes tipos de treinamento

Se o treinamento precisa de uma aplicação prática, mas há outros aspectos, como uma avaliação, pode ser feita em formato e-learning e na própria programação do aluno.

Desta maneira, o aluno pode aproveitar o horário que funciona melhor para ele, maximizando o seu tempo e tornando-o mais propenso a de adquirir a informação oferecida.

Se determinado módulo de aprendizagem for feito no formato e-learning (ou online) dentro de uma programação assíncrona, os funcionários não são obrigados a se deslocarem ou até mesmo precisar viajar.

Assim as organizações irão reduzir uma quantidade significativa de dinheiro em diversos custos, como viagens, aluguel de espaços físicos, contratação de instrutores, etc. Isto com certeza torna o treinamento muito mais rentável e benéfico para ambos os lados.

No entanto, para que o uso do blended learning seja eficaz, ele deve ser projetado com muita atenção. Listarei a seguir, 5 dicas para desenvolver sua estratégia, de modo que ofereça uma experiência de eficiente para seus alunos:

Identifique os objetivos da aprendizagem

Para garantir uma boa percepção da estrutura de sua estratégia de blended learning, identifique seus os objetivos e metas antes de qualquer coisa. Tenha certeza sobre o conhecimento que quer que seus colaboradores ou alunos tenham e quais são as competências que você precisa que eles desenvolvam.

Faça a escolha certa de mídias, técnicas e métodos

Uma vez que você já tem a visão clara dos seus objetivos, é hora de determinar quais componentes de seu blended learning deverão ser entregues online, e também qual é a melhor abordagem para a entrega destes.

O blended learning transfere informações usando uma variedade de técnicas. Por isso, você precisa ter certeza de que combinará a mídia certa com o material de aprendizagem. Por exemplo, uma atividade baseada em um dado cenário, é mais apropriada em um ambiente online, enquanto um grupo de discussão pode ser mais eficaz quando conduzido face-a-face.

Incentive a interação

Quando seus alunos se comunicam uns com os outros, eles geram a oportunidade de compartilhar experiências e aplicar o que estão aprendendo no dia-a-dia, comparando suas habilidades e níveis de conhecimento.

A interação é fundamental para o blended learning. Incentive seus alunos a promover uma compreensão mais profunda do conteúdo disponibilizado, compartilhando seus pensamentos e discutindo questões e preocupações, seja através de redes sociais, ou em uma sala física.

Monitore o desempenho

Independente de estar entregando o conteúdo blended learning online ou presencialmente, avalie o desempenho do seu público e progresso ao longo do período de aprendizado. Insira observações sobre cada estágio em seu sistema de avaliação: adicione breves questionários online no final de cada seção e realize chats ao vivo.

Desta maneira, não somente eles sentirão que têm um sistema de apoio, mas você também será capaz de receber um feedback sobre o progresso e a eficácia do seu blended learning.

Atenção à consistência

A falta de coerência entre os métodos de entrega online e presencial pode destruir a eficácia de sua estratégia de blended learning. Portanto, mantenha ambos conectados e complementados mutuamente.

Dessa forma, seus alunos se sentirão conectados, envolvidos e motivados a participar da aprendizagem.

CONCLUSÃO

Não existe uma melhor maneira ou uma “fórmula” para se criar um ambiente para o blended learning, a maneira correta é aquela que o professor e o aluno se adaptarão melhor.

A instituição/organização deve buscar alguém que traga segurança para o ensino. Um fornecedor que levar todas essa segurança para a instituição fará com que todos os seus participantes se adaptem muito melhor ao blended learning.

Os alunos precisam buscar informações, passando de postura passiva de receptores de informações para desenvolver um novo papel de aprendizes, que os remetam uma postura mais crítica e atuante. Com isso, estes terão maiores oportunidades de esclarecer dúvidas e aprofundamentos de conteúdos com uma maior participação e interação através do blended learning.

Como as salas de aulas necessitam se adaptar cada vez mais às rotinas conectadas à tecnologia, o blended learning, apresenta aos educadores que buscam otimizar o uso de novas ferramentas educativas a aprimora e integrar estas à estrutura curricular.

Esta tendência desconstrói os conceitos fixos que diferenciam aulas presenciais das virtuais, pois unifica a percepção de educação e do aprendizado, independente do meio que será transmitido.

É fato que uma boa aula e professores qualificados no ensino jamais substituirão aparelhos, tecnologias ou sistemas.

Mas tornar a educação mais atrativa e integrada aos hábitos dos alunos através do blended learning não só facilita o trabalho dos educadores envolvidos como torna os alunos mais informados e interessados em todo o processo de aprendizagem.

Blended learning deve ocorrer de uma forma tão natural que os participantes não consigam visar claramente a linha de fronteira entre a internet e a atividade no mundo real.

Por meio de projetos adicionados a diferentes plataformas de aprendizagem, ferramentas que podem ajudá-lo a compartilhar o conteúdo/dúvidas/produção a qualquer momento (como fórum, chat, e-mail, redes sociais) e métodos de ensino criativos, desafiadores e inovadores. Deve ser criado um ambiente de aprendizagem que certamente alcançará melhores resultados devido ao grande envolvimento dos participantes.

O uso de uma plataforma de ensino a distância proporciona não só um melhor aproveitamento para os alunos, como o auxília na agilidade de diversos processos.

Ao escolher qual será utilizada, é fundamental que seja de tamanha eficiência.

Com uma tecnologia excepcional, o Edools possui a plataforma de EAD mais completa para a implementação do blended learning, sendo possível personalizar, gerenciar e hospedar seus cursos online de forma simples, prática e dinâmica.

Deseja obter mais informações sobre a nossa Plataforma EAD? Saiba melhor como nossas ferramentas podem ser muito úteis para você! Faça um teste agora mesmo por um período de 15 dias gratuitos!

Teste gratuitamente o Edools por 15 dias.

Você já utiliza o blended learning? Conte para nós sua experiência!

Lembre-se: se houver alguma dúvida ou sugestão, entre em contato conosco ou sinta-se à vontade para deixar um comentário no final desta página.

Até a próxima!

Por que usar o M-learning no seu EAD?
Como otimizar resultados com treinamento e tecnologia

Conteúdo VIP

Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Sobre Rafaela Espíndola

Graduanda em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda. Faz parte do time de Marketing e Comunicação do Edools. É apaixonada por criação e inovação. Não consegue esconder que é canceriana dos pés à cabeça.
Ver todos os posts de Rafaela Espíndola

Comentários (3)


  1. 05/08/2016 às 13:56

    Aqui tem alguns resultados sobre a minha investigação sobre:
    To be a “blended” b- teacher in the XXI century – reflections
    http://areis-en-bteacher.blogspot.pt/
    O documento original e vídeos estão em inglês, mas tem tradução automática para qualquer língua, até Português 🙂 e os vídeos podem ser vistos com legendas. É só selecionar.
    Abraço.
    António Reis

  2. Pingback: Ensino Híbrido: o que é e como implementar na Escola - AppProva

Deixe uma resposta